Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

Música Italiana e Portuguesa do Barroco Inicial. 25 MAR, 21h30, Centro de Cultura Contemporânea, Castelo Branco.

Workshop de ornamentação renascentista por Manuel Pascual

O Barroco musical inicial, considerado no período entre 1600 e 1650, atingiu em Portugal uma expressão particularmente desenvolvida. Não só o centro musical de Santa Cruz de Coimbra mas também a Casa de Bragança, em Vila Viçosa, através dos seus primazes, desenvolveram acções importantes de desenvolvimento das práticas musicais no seio ducal, com a constituição de uma bibliotecas musicais extraordinárias, que mantiveram um crescimento consistente de aquisição e produção de livros mesmo nos períodos difíceis de domínio filipino e pós-restauração. Na enorme biblioteca régia, da qual hoje só conhecemos a primeira parte do índice, encontramos representados quase todos os compositores italianos-chave na verdadeira revolução musical que foi o anúncio do Barroco, com a ópera, a monodia, o baixo contínuo e o desenvolvimento dos repertórios idiomáticos para instrumentos de corda e sopro. É desse universo musical efervescente onde pontuam obras de Dario Castello, Giovanni Paolo Cima, João Lourenço Rebelo, entre outros e de outras que se conservam nos manuscritos musicais da Universidade de Coimbra que se pretende dar conta neste concerto de flauta de bisel, corneta e baixão.

Músicos: Manuel Pascual, corneta, Janaina Nóbrega, flautas de bísel Hughes Kestmann, baixão.

Entrada: Gratuita.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.