Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

Junta de Freguesia de Castelo Branco financiou “Filarmonia Jovem” e pode financiar muito mais.

Castelo Branco: Junta de Freguesia financiou “Filarmonia Jovem” e pode financiar muito mais

“Filarmonia Jovem” foi o projeto que ganhou um financiamento de dez mil euros da Junta de Freguesia de Castelo Branco no Orçamento Participativo. Tendo sido ainda “uma experiência”, Jorge Neves, Presidente da Junta de Freguesia, garante que é para repetir.

“Este ano vamos fazer uma ação de orçamento participativo, vamos convidar todas as pessoas individual ou coletivamente a apresentarem um projeto, vamos abri-lo à votação da população de forma que possamos identificar uma ação, um projeto, uma ideia que possa entrar no nosso plano de atividades de 2016 e durante esse ano, a Junta de Freguesia vai colocar no terreno esse projeto”, anunciou. 

Assim, todos os albicastrenses podem apresentar um projeto para ser integrado no Plano de Atividades da Junta de Freguesia já no próximo ano. Este ano, a juventude foi a área escolhida para esta aposta no orçamento participativo, em que foram convidadas todas “as associações jovens da nossa freguesia, lançando este desafio para que apresentem projetos que possam reverter a favor dos jovens”. Sendo que um deles, foi a “Filarmonia Jovem” apresentado pela Associação Juvenil Ribeiro das Perdizes que criou a Orquestra de Sopros e Percussão Jovem da Banda Filarmónica Cidade de Castelo Branco.

De acordo com David Jacinto, presidente da Associação Juvenil Ribeiro das Perdizes, este é um projeto que tem como intuito “levar a música a todos aqueles que dela possam disfrutar, mesmo aos jovens que tenham menos condições financeiras e que não tenham acesso a essa aprendizagem musical”.

Esta orquestra juvenil, apresentada no passado dia 6, acaba por ser um “patamar intermedio” entre a escola e a Banda Filarmónica Cidade de Castelo Branco. Ou seja, entre os oito aos 17 ou 18 anos, os jovens preparam-se nesta orquestra para, um dia mais tarde, pertencerem à banda.

Estes jovens têm aulas todos os dias, de segunda a sexta-feira, das 19 horas às 22H30 / 23 horas, aulas de instrumento e formação musical, aos sábados à tarde, juntam-se todos para os ensaios.

In: Diário Digital

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.