Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

GDA dá apoio de até dois mil euros para internacionalização de música

Artistas nacionais podem candidatar-se para terem apoios financeiros para apresentar projetos no estrangeiro

A Fundação GDA (Gestão dos Direitos dos Artistas) vai abrir um novo programa "de incentivo à exportação da música nacional e à criação de novos públicos no estrangeiro", com apoios financeiros que podem chegar aos dois mil euros.

O programa de apoio, destinado a promover apresentações em festivais internacionais, "com vista a divulgar e a promover as suas carreiras profissionais e artísticas", abre hoje, 30 de janeiro.

De acordo com um comunicado da GDA, os apoios poderão ir dos 500 aos 2.000 euros, consoante o número de artistas em palco ou a localização geográfica do festival.

As verbas servem para "suportar os custos relacionados com as deslocações, as estadias e a alimentação dos músicos convidados para esses eventos internacionais".

"A Fundação GDA quer contribuir para que produção musical portuguesa tenha mais oportunidades de exportação e de criar novos e maiores públicos por esse mundo fora", diz Mário Carneiro, diretor-geral da Fundação GDA, citado no comunicado. "Este programa tem como objetivo contribuir para que mais bandas de música portuguesas se apresentem nos principais festivais de "showcase" e, desta forma, possam iniciar ou consolidar carreiras internacionais", escrescenta o responsável.

A primeira edição do programa decorrerá em duas fases: uma no primeiro semestre deste ano, a qual está aberta a "músicos, intérpretes ou executantes que tenham sido convidados a atuar em 'showcases' internacionais até final deste semestre"; e outra no segundo, para os convites que sejam feitos durante o segundo semestre do ano.

As candidaturas podem ser feitas através do Portal do Artista.

A GDA Gestão dos Direitos dos Artistas é a entidade que em Portugal gere os direitos de propriedade intelectual de músicos, atores e bailarinos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.