Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

Entre criticas e surpresas saem mais quatro finalistas do Festival da Canção

Entre criticas e surpresas saem mais quatro finalistas do Festival da Canção

A segunda semi final do Festival da Canção classificou mais quatro canções para a final, "Primavera", "Gente Bestial", "Don't walk away" e "Nunca me fui embora". De registar que Lena d'Água não falou com a imprensa nem com os fãs que estavam no estúdio.

Os anfitriões da noite foram Tânia Ribas de Oliveira e Jorge Gabriel que seguiram com as homenagens aos momentos importantes da história do Festival da Canção com músicas que marcaram épocas interpretadas pela banda Real Combo Lisbonense, que pela segunda vez marcou presença no palco do festival num verdadeiro estilo anos 70.

Mas não foram só de festas a segunda noite do Festival da Canção foi marcada. Ainda que o júri tenha reconhecido as criticas feitas pelo público na semi final anterior e afirmado que elas eram positivas, os telespectadores parecem não ter ficado satisfeitos com a diferença entre os seus pontos e os pontos dados pelos jurados. Através da página do Festival da Canção no Facebook, muitos internautas registaram os seus anseios por mudanças e fizeram diversos ataques contra as escolhas do júri. Um dos comentários diz: "Finalmente fez-se justiça! O povo é quem mais ordena, cambada de Júri retrogrado!". Noutro lê-se: "O Publico claramente quer uma mudança mas este júri continua a ser o atraso deste Festival da Canção".

Nesta segunda semi final, Celina da Piedade foi a mais votada, interpretando a canção "Primavera" composta em parceria de Alex Gaspar. A música recebeu 12 votos do júri e sete do público. A cantora garantiu que "não estava na espera. Como qualquer concorrente estava a mentalizar qualquer resultado, mas ficamos muito surpreendentes por nossa música ser escolhida". Alex complementou que "a parceria deu certo porque a letra foi composta em casa, tranquilamente, sem pressão e o resultado foi natural". No palco, Celina manteve sua sonoridade folk, bem ritmada e perfurmou com flores e instrumentos para todos os lados.

Jorge Benvinda foi o segundo colocado nas pontuações geral e encheu o palco com muito bom humor ao lado dos seus parceiros dos Virgem Suta, cantando "Gente Bestial" composta por Nuno Figueiredo. O compositor relatou que o facto de "morar no Alentejo profundo", permite-lhe observar o jeito de ser das pessoas, o que contribuiu para a construção da música: "Eu gosto de observar o modo de estar das pessoas e apanhar pequenos pormenores que depois me fazem construir uns imaginários de canções que ao fim eu retrato do que somos enquanto povo". A canção também teve colaboração de Bruno Vasconcelos que disse: "o meu trabalho foi basicamente trazer ainda mais as qualidades que a musica já tinha. Tentar dar mais poder à música e ter que respeitar um bocado a estética que era pedida e pensada para esse tema". Já para a Grande Final, Jorge Benvinda espera fazer o melhor., ou seja "vou continuar a cantar todos os dias pra quando chegar lá, tê-la na ponta dá língua, abrir a boca e soltar a dita canção".

Com a nota mais alta do público (12) e a segunda mais baixa do júri (4), Pedro Gonçalves garantiu o terceiro lugar na classificação geral interpretando a música "Don't walk away" de João Pedro Coimbra. Pedro contou: "Tivemos aquele incentivo do público, era nosso sonho que se concretizou. O João Pedro Coimbra teve um grande trabalho e eu só tentei transpor tudo ao máximo para o palco". Pedro ainda declarou que a música é inovadora para Portugal "Se calhar nunca se viu no Festival da Canção, uma coisa moderna, como a Eurovisão chama. Portugal pode fazer uma boa figura e quem sabes voltar a chegar à final e voltar a ficar entre os 10 classificados".

A última classificada foi Lena d'Água que interpretou a canção "Nunca me fui embora", composta por Pedro Silva Martins. A dupla recebeu 14 votos, sendo 10 do júri e 4 do público. Após o encerramento do programa Lena saiu do palco sem falar com a imprensa e os fãs.

As outras quatro canções que não passaram para a próxima etapa foram:

Beatriz Felício - Jorge Fernando - 13 pontos

Helena Kendall - João Só - 13 pontos

David Gomes – Toli César Machado /Joana Duarte - 12 pontos

Inês Sousa – Noiserv - 06 pontos

A grande final do Festival da Canção será realizada no próximo domingo, dia 05 de Março, no Coliseu dos Recreios em Lisboa e será transmitido em directo pela RTP 1.

In: Harmúsica

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.