Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Mais sobre mim

foto do autor


Fundada a 11-11-1899

Mais de um século ao serviço da Música, Recreio e Cultura!

.

Telemóvel:

* 967 687 837 * 967 706 294 *

* 969 375 934 *

.

Morada:

Rua Padre Silva n 6

6215-141 Cortes do Meio

Covilhã

.

Endereço eletrónico:

filarmonicacortense@gmail.com


Maestro: Fábio Daniel Esteves Pereira

Fábio Daniel Esteves Pereira nasceu a 28 de maio de 1986. É natural de Unhais da Serra mas cedo veio morar para a freguesia de Cortes do Meio.

Iniciou os estudos de formação musical e instrumento em 1997 na Filarmónica Recreativa Cortense como saxofonista com o maestro António Pão-Alvo.

Em 2000, sob a tutela do Pe. José António Loureiro Pinheiro toma parte da direcção artística do grupo Chama de Deus.

Em 2003 foi seleccionado para a Orquestra de Jazz do Centro, um masterclass jazzístico leccionado por Paulo Perfeito.

No âmbito do projecto Covilhã Filarmónico teve diversos estágios com professores de academia e conservatórios locais.

Em 2010 inicia os estudos em direcção de orquestra de sopros no CEDOS (Centro de estudos de direcção de orquestra de sopros) com os professores Luís Clemente em direcção e análise musical, Carlos Amarelinho em orquestração e Paulo Ramos em formação musical e auditiva.

Conclui o curso médio com 16 valores. Durante o curso médio trabalhou com as bandas da Covilhã, Ponte do Rol, Belinho, Cabreiros, Mafra, Banda Sinfônica da Covilhã.

No mesmo período lectivo obteve o primeiro prémio no concurso de direcção do ENOS ( Estágio Nacional de Orquesta de Sopros) Esposende.

Em 2013 iniciou os estudos em direcção de orquestra na academia de direcção da ACO ( Atlantic Coast Orchestra) com os professores Luís Clemente e Colin Metters em direcção de orquestra, José Fayos Jordan e Roberto Fiore em orquestração, Paulo Maciel e Jaime Branco em formação musical e auditiva. No mesmo ano começou a trabalhar na escola de música da Filarmónica Recreativa Cortense.

Dirigiu ensemble da ACO, orquestra sinfonica da ACO, Banda Nova de Manteigas e orquestra de sopros do ENOS Portel, EPABI e Escola Profissional de Seia.

Finalizou o curso superior da academia de direcção da ACO com 17 valores.

Em 2017 tomou posse da direcção artística e musical da Filarmónica Recreativa Cortense e deu início ao processo de equivalência de licenciatura na ABRSM (Associeted Board of the Royal Schools of Music).


Corpos Socias - triénio 2017/2019

Assembleia Geral:

Presidente: Marco Alves

Vice Presidente: Joana Santos

Secretário: Aline Miguens

.

Conselho Fiscal:

Presidente: Bernardino Santos

Vice Presidente: João Pedro Faísca

Relator: Gabriel Vila

.

Direcção:

Presidente: Alexandre Barata;

Vice Presidente: Adriano Esteves;

1º Secretário: Mafalda Santos;

2º Secretário: Flavio Inácio;

Tesoureiro: Francisco Pina;

Vogal: Leticia Vila;

Vogal: Steve Vila;

Vogal: Alexandre Barata;

Vogal: José Silva;


Mapa de actuações:

24-11-2018 - Bouça

22:00 - Filarmónica Recreativa Cortense em Concerto - Salão Cultural da Bouça.

.

22-12-2018 - Cortes do Meio

21:30 - Concerto de Natal - Igreja Matriz de Cortes do Meio.

.



Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

.

EDPCOOLJAZZ de novo em Cascais. 11 a 27 JUL

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 06.07.18

Resultado de imagem para EDPCOOLJAZZ

A 15ª edição de EDPCOOLJAZZ, regressa ás origens, Cascais, de 11 a 27 de Julho, numa edição que, como afirmou Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais, marca o “regresso do filho pródigo".

Foi na cerimónia de apresentação do festival à comunicação social que Carlos Carreiras afirmou que a realização deste festival de novo em Cascais marca o regresso do filho pródigo, uma vez que o festival nasceu em Cascais há exactamente 15 anos.
Também Karla Campos, directora do Festival EDPCOOLJAZZ desde o seu início, falou ao Jornal Hardmusica do seu entusiasmo sobre este regresso. “Estou verdadeiramente feliz. Estivemos fora de Cascais dois ou três anos, mas o Cooljazz nasceu em Cascais e aqui deve continuar”. E para a directora deste Festival que nesta edição, tem como principal aposta o jazz português, o “Parque Marechal Carmona com toda a sua envolvência de frescura e liberdade, será o espaço ideal para a realização deste festival onde a música se expande por árvores, e arbustos floridos. Este Parque é um convite a excelentes concertos e ainda melhores audições dos muitos excelentes artistas que integram o nosso programa”.
E o programa apresentado sem dúvida que promete:
Dead Combo e Elas e o Jazz, um trio composto por Marta Hugon, Joana Machado e Mariana Norton e que iniciou de forma brilhante a conferencia de imprensa , são os artistas que se juntam às sete noites de Julho do EDPCOOLJAZZ: Dead Combo apresentam o novo disco, “Odeon Hotel”, a 17 de Julho, no Parque Marechal Carmona, dia de BADBADNOTGOOD; o trio Elas e o Jazz actua a 20 de Julho, no Hipódromo Manuel Possolo, o dia, melhor a noite de Gregory Porter.

A 15ª edição do EDPCOOLJAZZ tem tudo para ser uma edição marcante. Com nomes de referência como David Byrne, Van Morrison, Gregory Porter, Jessie Ware ou Norah Jones, o festival irá tornar o Parque Marechal Carmona e o Hipódromo Manuel Possolo, em Cascais, num cenário idílico e bem localizado, junto a uma das zonas mais características de Cascais, o Bairro dos Museus, no melhor espaço para ouvir os excelentes músicos que estarão neste festival de Jazz.
Nomes como Jordan Rakei, BADBADNOTGOOD, Salvador Sobral e Toty Sa’Med fazem também parte deste cartaz de qualidade.

Para além do cartaz, outro dos pontos fortes, e já carismáticos do EDPCOOLJAZZ, é a vertente solidária associada ao festival.

Este ano regressa com o projecto GUITARRA SOLIDÁRIA: o leilão de uma guitarra FENDER - Standard Stratocaster Maple Neck Black assinada por Van Morrison, a decorrer na plataforma solidária e-solidar de 11 de Abril até 30 de Junho de 2018, com o valor inicial de licitação 600, euros.
Todo o valor conquistado no leilão reverte para a associação CERCICA (Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Cascais).

Nos 15 anos do EDPCOOLJAZZ, o público vai poder viver momentos de muita qualidade e arte musical ouvindo concertos únicos com grandes artistas nacionais e internacionais, que acontecem num espaço harmonioso e privilegiado, com plateia sentada.

Já confirmados nesta 15ª edição do EDPCOOLJAZZ:

David Byrne, o lendário ícone Cool - 11 Julho, Hipódromo Manuel Possolo, Cascais
BADBADNOTGOOD, a banda de Jazz do momento – 17 de Julho, Parque Marechal Carmona, Cascais
Curadoria Salvador Sobral, espectáculo único com o convidado Toty Sa Med, junta-se a esta noite tão especial – 18 de Julho, Parque Marechal Carmona, Cascais
Gregory Porter, uma espantosa e muito aclamada voz do Jazz - 20 Julho, Hipódromo Manuel Possolo, Cascais

Jessie Ware, uma das melhores vozes da actualidade da nova Soul 
Jordan Rakei, uma promessa no panorama do jazz e da soul – 26 de Julho, Parque Marechal Carmona, Cascais
Van Morrison, a lenda viva do Rhythm Blues - 28 de Julho, Hipódromo Manuel Possolo, Cascais
Norah Jones, a artista jazz multi-premiada - 31 de Julho, Hipódromo Manuel Possolo, Cascais

DAVID BYRNE

11 de Julho, Hipódromo Manuel Possolo, Cascais

BADBADNOTGOOD

DEAD COMBO

17 de Julho, Parque Marechal Carmona, Cascais

CURADORIA SALVADOR SOBRAL

TOTY SA MED

18 de julho, Parque Marechal Carmona, Cascais

GREGORY PORTER

ELAS E O JAZZ

20 de Julho, Hipódromo Manuel Possolo, Cascais

JESSIE WARE

JORDAN RAKEI

26 de Julho, Parque Marechal Carmona, Cascais

VAN MORRISON

28 de Julho, Hipódromo Manuel Possolo, Cascais

NORAH JONES

31 de Julho, Hipódromo Manuel Possolo, Cascais
Já agora sobre o EDPCOOLJAZZ

O EDPCOOLJAZZ é um evento musical de referência que junta música, natureza e património. A primeira edição aconteceu em 2004 tendo como ponto de partida a oferta de um evento cultural e turístico que marcasse a diferença. A consistência do gosto eclético em conjunto com a vertente "cool" proporcionada pela áurea do evento constituem marcas de registo que a Live Experiences colocou desde o primeiro ano do festival. Em 2018, o festival regressa ao local que o viu nascer: Cascais. O Parque Marechal Carmona e o Hipódromo Manuel Possolo serão os palcos desta edição.

O Hipódromo, inserido no Parque Marechal Carmona e ao lado do Cascais Museum District (Museu Paula Rego, Centro Cultural de Cascais), torna-se assim um espaço simpático com uma forte ligação à cultura, à natureza e ao património histórico - cenário que joga perfeitamente com o ADN do festival.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Mais sobre mim

foto do autor


Fundada a 11-11-1899

Mais de um século ao serviço da Música, Recreio e Cultura!

.

Telemóvel:

* 967 687 837 * 967 706 294 *

* 969 375 934 *

.

Morada:

Rua Padre Silva n 6

6215-141 Cortes do Meio

Covilhã

.

Endereço eletrónico:

filarmonicacortense@gmail.com


Maestro: Fábio Daniel Esteves Pereira

Fábio Daniel Esteves Pereira nasceu a 28 de maio de 1986. É natural de Unhais da Serra mas cedo veio morar para a freguesia de Cortes do Meio.

Iniciou os estudos de formação musical e instrumento em 1997 na Filarmónica Recreativa Cortense como saxofonista com o maestro António Pão-Alvo.

Em 2000, sob a tutela do Pe. José António Loureiro Pinheiro toma parte da direcção artística do grupo Chama de Deus.

Em 2003 foi seleccionado para a Orquestra de Jazz do Centro, um masterclass jazzístico leccionado por Paulo Perfeito.

No âmbito do projecto Covilhã Filarmónico teve diversos estágios com professores de academia e conservatórios locais.

Em 2010 inicia os estudos em direcção de orquestra de sopros no CEDOS (Centro de estudos de direcção de orquestra de sopros) com os professores Luís Clemente em direcção e análise musical, Carlos Amarelinho em orquestração e Paulo Ramos em formação musical e auditiva.

Conclui o curso médio com 16 valores. Durante o curso médio trabalhou com as bandas da Covilhã, Ponte do Rol, Belinho, Cabreiros, Mafra, Banda Sinfônica da Covilhã.

No mesmo período lectivo obteve o primeiro prémio no concurso de direcção do ENOS ( Estágio Nacional de Orquesta de Sopros) Esposende.

Em 2013 iniciou os estudos em direcção de orquestra na academia de direcção da ACO ( Atlantic Coast Orchestra) com os professores Luís Clemente e Colin Metters em direcção de orquestra, José Fayos Jordan e Roberto Fiore em orquestração, Paulo Maciel e Jaime Branco em formação musical e auditiva. No mesmo ano começou a trabalhar na escola de música da Filarmónica Recreativa Cortense.

Dirigiu ensemble da ACO, orquestra sinfonica da ACO, Banda Nova de Manteigas e orquestra de sopros do ENOS Portel, EPABI e Escola Profissional de Seia.

Finalizou o curso superior da academia de direcção da ACO com 17 valores.

Em 2017 tomou posse da direcção artística e musical da Filarmónica Recreativa Cortense e deu início ao processo de equivalência de licenciatura na ABRSM (Associeted Board of the Royal Schools of Music).


Corpos Socias - triénio 2017/2019

Assembleia Geral:

Presidente: Marco Alves

Vice Presidente: Joana Santos

Secretário: Aline Miguens

.

Conselho Fiscal:

Presidente: Bernardino Santos

Vice Presidente: João Pedro Faísca

Relator: Gabriel Vila

.

Direcção:

Presidente: Alexandre Barata;

Vice Presidente: Adriano Esteves;

1º Secretário: Mafalda Santos;

2º Secretário: Flavio Inácio;

Tesoureiro: Francisco Pina;

Vogal: Leticia Vila;

Vogal: Steve Vila;

Vogal: Alexandre Barata;

Vogal: José Silva;


Mapa de actuações:

24-11-2018 - Bouça

22:00 - Filarmónica Recreativa Cortense em Concerto - Salão Cultural da Bouça.

.

22-12-2018 - Cortes do Meio

21:30 - Concerto de Natal - Igreja Matriz de Cortes do Meio.

.