Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

Discurso do Maestro Fábio Pereira nas comemorações dos 120 anos da Filarmónica Recreativa Cortense

31453754_2121987274494309_881894873362333696_n.jpg

Queridos Filarmonicos da FRC

Caríssimo presidente da FRC

Representantes de todos os quadrantes associativos, autárquicos e religiosos

Amigos da FRC

Hoje celebramos as comemorações do centésimo vigésimo aniversário desta instituição.

Uma casa da comunidade que ao longo destes 120 anos tem enaltecido e levado mais além o bom nome desta freguesia.

No ano ZERO da FRC alguns populares e essa figura icônica que foi o Pe Silva idealizaram um projecto, desafiaram-se, puseram-se á prova sem nunca desistir por essa ideia de culturizar uma comunidade. são eles e todos aqueles que passaram nesta casa que hoje tambem homenagea-mos pois deles é meritório o legado que nos entregaram e que é nossa obrigação dar-lhe continuidade.

Essa continuidade só é possível com o esforço e dedicação de todos nós. A Resignação e passividade são os maiores inimigos do associativismo. Não nos podemos acomodar nem satisfazer com o que já temos pois se não pensarmos no bem dos que virão estamos a hipotecar um futuro brilhante para eles.

Enquanto associação somos formadores de gente batalhadora e dinamica para gerações futuras pois também foram esses valores que nos incutiram quando engressámos nas fileiras da carolice.
No ano passado durante as comemorações do centésimo décimo nono aniversário e em jeito de balanço, referi algumas carências que nos afetavam a nível formativo e material e que esperava vê-las colmatadas num futuro próximo. Num processo que se veio desenrolar célere, mas nada que me surpreendesse visto que estou a trabalhar com uma Direcção do mais séria e competente que possa haver, todos os instrumentos foram adquiridos... balanço final deste último ano: 6000€ em instrumentos para que os nossos músicos possam trabalhar da melhor maneira. O meu muito obrigado a esta direcção na pessoa do seu presidente, o Alexandre Barata para quem eu peço um calorosa salva de palmas...

Não posso também deixar de agradecer á CMC o apoio que indirectamente agraciou a FRC que numa parceria conjunta com o Conservatório da Covilhã subsídiou 4 alunos da escola de música para uma oferta formativa adicional. O meu muito obrigado!

Uma palavra também ao futuro da FRC que hoje saiu á rua. Estes novos trovadores de metro e meio. Ao Simão sousa, ao Gabriel Esteves e á Beatriz Franco que hoje se apresentam oficialmente de manto azul desejo-vos os maiores sucessos musicais e que o empenho seja um baluarte do vosso percurso. Estamos num ponto de viragem em que esta mescla de dinamismo e empenho serão a chave para mais 120 anos de Boa música digna do legado que os nossos fundadores nos deixaram....

Viva a FRC

 

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.