Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

Concursos de apoios às artes deverão abrir em julho - secretário de Estado da Cultura

O secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado, afirmou numa audição da comissão parlamentar de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto, em Lisboa, que os concursos de apoio às artes deverão abrir em julho.

O secretário de Estado falava na segunda audição parlamentar, desde a tomada de posse da nova tutela, em abril, liderada por Luís Filipe Castro Mendes, depois da demissão do ministro João Soares.

"Iniciámos o trabalho com a nova equipa da Direção-Geral das Artes, no sentido de acorrer às urgências", disse o secretário de Estado, indicando que os concursos de apoio às artes "abrirão, em princípio, em julho".

"Estamos a perspetivar um novo ciclo de financiamento das artes para 2017", acrescentou o secretário de Estado, sobre o trabalho daquele organismo responsável pela coordenação e execução das políticas de apoio às artes.

Miguel Honrado disse ainda que a tutela pretende que, no próximo ano, o setor "tenha mais estabilidade e, para isso, é preciso desenvolver uma reflexão com o meio, sobre um novo modelo de apoio às artes que não será só financeiro".

"Este é um trabalho entre mãos que está a ser desenvolvido com a Direção-Geral das Artes e, em breve, diremos qual será a decisão", disse ainda o secretário de Estado.

Na primeira audição da nova tutela da Cultura, no parlamento, tinha sido anunciada, para junho, a abertura dos concursos pontuais de apoio às artes, faltando ainda abrir também os concursos de apoio à internacionalização.

A nova diretora-geral das Artes, Paula Varanda, após ter sido nomeada, no final de maio, em regime de substituição, para a Direção-Geral das Artes (DGArtes), tinha indicado à agência Lusa que os concursos na modalidade pontual deveriam abrir "em breve", com um financiamento de 800 mil euros.