Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

João Pedro Delgado no Cine-Teatro Avenida. 21 OUT, 21h30.

Neste concerto, João Pedro Delgado apresenta o seu mais recente disco, constituído por obras para viola solo e electrónica encomendadas a alguns dos mais proeminentes compositores portugueses. Através da música de Sérgio Azevedo, João Pedro Oliveira, Jaime Reis, José Carlos Sousa ou Eduardo Patriarca, o músico propõe a escuta de diversas abordagens estéticas ao diálogo entre a respiração humana do intérprete e a determinação dos materiais electrónicos.
João Pedro Delgado, viola de arco
Luís Marques, projecção sonora

Entrada: €5,00

Tesouro nacional Stradivarius sai do Museu da Música para concerto solidário

Tesouro nacional Stradivarius sai do Museu da Música para concerto solidário

O violoncelo Stradivarius classificado como tesouro nacional vai sair do Museu Nacional da Música para o concerto solidário de apoio aos refugiados marcado para domingo, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

O violoncelo Stradivarius Chevillars, com 290 anos, é uma das jóias da coroa do espólio do Museu da Música, pertenceu ao rei D. Luís I (1838-1889), e é o único instrumento em Portugal com a assinatura do construtor António Stradivari (1644-1737).

Graça Mendes Pinto, diretora do museu, relatou que a saída do raro violoncelo, «avaliado em vários milhões de euros», está relacionada com a descoberta do instrumento pelo violoncelista russo, Pavel Gomziakov, que esteve em Lisboa para tocá-lo num concerto realizado no Museu da Música.

Orquestra da AMDF nos IX Encontros Internacionais de Guitarra em Coimbra

Fundão: Orquestra nos IX Encontros Internacionais de Guitarra em Coimbra

A Orquestra de Guitarras da Academia de Música e Dança do Fundão (AMDF) participa no domingo dia 18 de outubro nos IX Encontros Internacionais de Guitarra organizados pela Orquestra Clássica do Centro e que decorrerão no pavilhão Centro de Portugal em Coimbra.

Acompanhada pelo coro de câmara da AMDF, a Orquestra que será dirigida por Pedro Rufino interpretará um reportório tradicional no qual serão solistas Maria Mendes e Bruno Martins. Dividido em duas partes, o espetáculo terá uma a primeira parte preenchida com obras de António Soler, Wolfgang Amadeus Mozart, Shostakovich, Carlos Paredes e Roland Dyens.

Na segunda metade do concerto, irá interpretar juntamente com a Orquestra obras de Händel, Monteverdi, Zeca Afonso, Raul Maldonado, Luiz Bonfá e Heitor Villa-Lobos. A AMDF participará numa iniciativa que ao longo dos tempos já reuniu no mesmo palco músicos como Pedro Caldeira Cabral, António Chainho, Fernando Alvim, Paulo Soares, Cordis, Marta Pereira da Costa, Luísa Amaro, Rão Kyao, João Tore do Valle, Kanale Auer, Duo Raposo, Paulo Vaz de Carvalho ou Dejan Ivanovitch, além dos compositores portugueses como Eurico Carrapatoso,

Fernando Lapa, Sérgio Azevedo, Vasco Martins ou Natália Pikoul e, ainda, de orquestras como a alemã NRW, de Dortmund, de Doc Rossi, Marina Rosenberg ou ainda nomes como Luís Goes, Jorge Cravo, José Vilhena entre muitos outros. Estes Encontros “procuram a promoção da guitarra enquanto instrumento solístico individual e de orquestra”.

Tendo ainda como preocupação “contribuir para a divulgação e internacionalização dos seus intérpretes, a criação de novos públicos e estimulação da aprendizagem da guitarra, seja ela portuguesa ou clássica, tendo em vista a descoberta de novos valores e potenciais aprendizes”.

Katia Guerreiro nomeada para o Prémio Lunas del Auditorio do México

Katia Guerreiro nomeada para o Prémio Lunas del Auditorio do México

A fadista Katia Guerreiro está nomeada para o prémio Lunas del Auditorio, que distingue os melhores espetáculos do ano no México, onde a artista atuou em outubro do ano passado.

O espetáculo "Katia Guerreiro: 150 Años México-Portugal" teve lugar no Teatro de la Ciudad, na capital mexicana, fez parte da digressão que levou a fadista ao Festival Cervantino, em Guanajuato e Revueltas, e lhe valeu esta nomeação na categoria de "Música tradicional".

Katia Guereriro é a primeira artista nomeada para este galardão, criado em 2002, por ocasião das celebrações do 50.º aniversário do Auditório Nacional, na Cidade do México, e que visa distinguir bandas, companhias de teatro e dança, e solistas de diversas áreas artísticas, através de uma votação do público que assistiu aos espetáculos e de 350 personalidades do mundo das artes e entretenimento.

No ano passado o distinguido foi o espanhol Diego, el Cigala, e em 2013 a cantora, também espanhola, de Ceuta, Concha Buika.

O vencedor é conhecido no dia 28 de outubro, numa cerimónia a realizar no Auditorio Nacional, na capital mexicana.

Entretanto, a criadora de "Segredos" (Paulo Valentim) estreia-se no dia 17 de outubro no Teatro das Figuras, em Faro, no âmbito da sua digressão "Até ao fim", de apresentação do novo álbum, editado em novembro do ano passado.

Em declarações à Lusa, na ocasião, sobre o álbum, Katia Guerreiro afirmou que este revela "uma viragem e, ao mesmo tempo, uma definição de carreira".

O álbum, com a etiqueta da Uau, é constituído por 12 temas, um deles assinado pela fadista, pela primeira vez, em música e letra, "Eu gosto de ti (canção para a Mafalda)", que é uma dedicatória à sua filha, que inspirou também outro fado, "Nesta noite", música e letra de Paulo Valentim, que já assinou outros temas para a fadista.

Da capital algarvia a criadora de "fado dos olhos" segue para a Suíça, onde atua no dia 20 de outubro em Vernier. Katia Guerreiro regressa a terras helvéticas no dia 21 de novembro para uma atuação em Genebra.

Ainda em novembro, a fadista tem agendado seis concertos em França: no dia 12 na Salle Malesherbes, em Maison Laffite, na comuna de Yvelines, no dia 15 no Théâtre Gérard Philippe, em Saint-Cyr-l'École, nos arredores de Paris, no dia 26 no Théâtre des Bouffes du Nord, em Paris, dia 27 no Espace Jacques Prévert, em Aulnay-sous-Bois, na comuna de Seine-Saint-Denis, terminando a digressão no dia 28 no Centre Culturel, em Provins, cidade Património da Humanidade na comuna de Seine et Marne.

Katia Guerreiro começou a cantar há 14 anos. Médica de profissão divide-se entre a prática clínica como oftalmologista e os palcos. Editou o primeiro álbum, "Fado maior", em julho de 2007, contando já com sete álbuns e tendo gravado duetos com Simone de oliveira, Maria Bethânia, Martinho da Vila e Ney Matogrosso.

Em 2011 foi distinguida com o Prémio Amália para a Melhor Intérprete.

Veja como o feto na barriga da mãe "canta" quando ouve música

Estudo científico utilizando sistema de ecografia "4D" mostra como o bebé reage a estímulos musicais logo a partir das 16 semanas.


A partir de que momento da gestação começa o ser humano a ouvir? Até agora, pensava-se que tal acontecia no mínimo a partir das 18 semanas, havendo quem defendesse as 26 semanas como altura mais provável. Mas uma equipa de cientistas espanhóis concluiu que, afinal, mal o ouvido é formado, pelas 16 semanas, o feto começa a ouvir.
A pesquisa, realizada por investigadores da Universidade de Barcelona e do Instituto Marquès, também da capital catalã, foi publicada na revista especializada Ultrasound.Os cientistas transmitiram música a 106 fetos, entre as 14 e as 39 semanas de gestação, e observaram as suas expressões faciais através de ecografias 3D/4D.Observaram que fetos com apenas 16 semanas reagiam à música, mexendo a boca e a língua "como se estivessem a cantar", segundo descreve Marisa López.-Teijón, a chefe da pesquisa.A música foi transmitida de duas formas: através da barriga da mãe e por via vaginal. Neste último caso, 87% dos fetos reagiram ao som. E em metade destes, os movimentos que fizeram até acompanharam o ritmo da música.

Norton em digressão pelo Japão

Castelo Branco: Norton em digressão pelo Japão

A banda Norton inicia no dia 10 de outubro uma digressão por quatro palcos nipónicos, durante qual apresentam o seu álbum homónimo, editado no ano passado.

Hoje dia 10 de outubro, os Norton atuam em Shibuya, no âmbito do festival Spin.Discovery.

No dia 12 a banda, originária de Castelo Branco, atua no Nine Spices, em Shinjuku, no dia 14 no Clube Three, em Shimokitazawa, e encerram a digressão, no dia 16, em Shibuya, no Club Bagsy.

A banda que já atuou em Espanha, Alemanha, França, Holanda e Luxemburgo, tem já editados no Japão os discos “Kersche” (2007), “Layers of love United” (2011) e o CD homónimo, saído no ano passado.

Os Norton são Pedro Afonso (voz e guitarras), Rodolfo Matos (bateria), Leonel Soares (baixo) e Manuel Simões (guitarra e voz).

Carminho, Cuca Roseta e Raquel Tavares no Festival de Fado de Sevilha

Carminho, Cuca Roseta e Raquel Tavares no Festival de Fado de Sevilha

  • O Festival do Fado, que nasceu em 2011 em Madrid e já se realiza este ano em quatro metrópoles da Europa e da América Latina, chega finalmente a Sevilha. A primeira edição do Festival de Fado Sevilha vai ter lugar no emblemático Teatro Lope de Vega, de 6 de Outubro a 2 de Dezembro. Carminho, Cuca Roseta e Raquel Tavares são as estrelas da estreia do festival em terras da Andaluzia.


A primeira edição do Festival de Fado Sevilla completa-se com a projecção de filmes portugueses, um ciclo de conferências e uma exposição representativa do Fado, com o selo de qualidade do Museu do Fado de Lisboa.

O tema do Festival deste ano, «As Mulheres no Fado», irá mostrar as relações entre as fadistas e este género de musica.

O evento tornou-se um marco no calendário de artistas, instrumentistas e conferencistas. A sua estreia precedeu a consagração pela UNESCO do Fado como Património Imaterial da Humanidade. E acompanha os triunfos dos fadistas nos maiores palcos do mundo e os progressos no estudo da História do género. O Festival do Fado já conquistou o mundo, com edições em Madrid, Buenos Aires, Bogotá, Rio de Janeiro e São Paulo.

Teatro Lope de Vega - 6 de Outubro a 1 de Dezembro
6 de Outubro - Carminho – 20:30
17 de Novembro - Cuca Roseta – 20:30
1 de Dezembro - Raquel Tavares – 20:30

Os bilhetes custam entre 14 e 30 euros e estão à venda no GeneralTickets.