Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

Clã cabeça de cartaz do Festins 2015 em Alcains

A Alzine - Associação Cultural Alcainense apostou forte na edição deste ano do Festins e como cabeça de cartaz trás os Clã.

O Festins acontece no fim de semana de 20, 21 e 22 de agosto e como sempre promete animação para todas as faixas etárias.

João Marques, vice-presidente da Alzine, diz que a organização sempre se preocupou em escolher grupos que agradem a várias faixas etárias. Este ano colmatando o que muitos consideravam uma lacuna, a organização apostou num nome mais sonante para o sábado.

"Por vezes eramos criticados por não ter um nome mais forte no sábado, este ano vamos ter os Clã, que consideramos ser uma banda muito atrativa" afirma o responsável.

O cartaz é composto unicamente por bandas portuguesas, pois essa tem sido a linha orientadora da organização, "a nossa aposta é na musica nacional, são bandas que as pessoas não estão muito habituadas a ouvir, mas que esperamos divulga-las e que o público goste".

O Festins já é um festival que ganhou nome a nível nacional, e a procura de interessados para estarem presentes no evento tem vindo a crescer.

"Ficamos muito contentes, quando associam o nome do festival e da vila a grandes eventos e à passagem dos grupos por aqui, com apresentações de álbuns e novas músicas, isso é para nós muito gratificante" afirma João Marques.

A aposta nos Clã, vem "subir a fasquia" do festival, mas João Marques diz que já se justificava, "o Festins é um evento que mexe muito com a freguesia, com a economia local, com a hotelaria, restauração, com uma série de serviços. Tem sido complicado por vezes corresponder às expectativas, mas não baixamos os braços e este ano queremos oferecer ao público o melhor festival de sempre"

Apesar da animação esperada para esses dias, o festival este ano não deixa de estar envolto em nostalgia, dado que é o primeiro após a morte de Bruno Pereira, fundador da Alzine, "em termos sentimentais é um ano importante, e esperamos que corra tudo muito bem" diz João Marques.