Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

A difícil aventura alemã da Jovem Orquestra Portuguesa

A difícil aventura alemã da Jovem Orquestra Portuguesa

A saga da Jovem Orquestra Portuguesa que no dia 12 toca no Konzerthaus de Berlim...

"São 114 músicos, dos 13 aos 23 anos, selecionados entre quase 400 candidatos, que vêm desde Chaves ao Algarve, passando pelas ilhas." Quem fala assim é Pedro Carneiro, fundador e diretor musical da Jovem Orquestra Portuguesa (JOP), que está com essa mais de centena de jovens músicos na Alemanha: ontem à noite, tocaram na centenária Stadthalle Kassel perante duas mil pessoas, encerrando o Festival de Verão que ali se realiza. A honra de tocar no fecho do Festival explica-se logo no site respetivo: é que eles foram os "Publikumslieblinge" ("prediletos do público") da edição 2014, quando ali tocaram pela primeira vez: "Nunca tinha acontecido, lá, uma orquestra juvenil apresentar-se em anos consecutivos", esclarece Pedro Carneiro, orgulhoso do reconhecimento obtido tão rapidamente por uma orquestra surgida oficialmente nem seis meses antes desse concerto e que é o membro português na Federação Europeia de Orquestras Nacionais de Jovens (EFNYO, na sigla inglesa).

Nas estantes irão estar três obras: a Sinfonia Concertante, em mib M, KV364, de Mozart; a desafiante e espetacular Sagração da Primavera, de Stravinsky; e uma obra em estreia absoluta, de Pedro Lima Soares (21 anos e estudante na ESML), intitulada, na tradução, Uma vez mais. A eterna despedida.