Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Mais sobre mim

foto do autor


Fundada a 11-11-1899

Mais de um século ao serviço da Música, Recreio e Cultura!

.

Telemóvel:

* 967 687 837 * 967 706 294 *

* 969 375 934 *

.

Morada:

Rua Padre Silva n 6

6215-141 Cortes do Meio

Covilhã

.

Endereço eletrónico:

filarmonicacortense@gmail.com


Maestro: Fábio Daniel Esteves Pereira

Fábio Daniel Esteves Pereira nasceu a 28 de maio de 1986. É natural de Unhais da Serra mas cedo veio morar para a freguesia de Cortes do Meio.

Iniciou os estudos de formação musical e instrumento em 1997 na Filarmónica Recreativa Cortense como saxofonista com o maestro António Pão-Alvo.

Em 2000, sob a tutela do Pe. José António Loureiro Pinheiro toma parte da direcção artística do grupo Chama de Deus.

Em 2003 foi seleccionado para a Orquestra de Jazz do Centro, um masterclass jazzístico leccionado por Paulo Perfeito.

No âmbito do projecto Covilhã Filarmónico teve diversos estágios com professores de academia e conservatórios locais.

Em 2010 inicia os estudos em direcção de orquestra de sopros no CEDOS (Centro de estudos de direcção de orquestra de sopros) com os professores Luís Clemente em direcção e análise musical, Carlos Amarelinho em orquestração e Paulo Ramos em formação musical e auditiva.

Conclui o curso médio com 16 valores. Durante o curso médio trabalhou com as bandas da Covilhã, Ponte do Rol, Belinho, Cabreiros, Mafra, Banda Sinfônica da Covilhã.

No mesmo período lectivo obteve o primeiro prémio no concurso de direcção do ENOS ( Estágio Nacional de Orquesta de Sopros) Esposende.

Em 2013 iniciou os estudos em direcção de orquestra na academia de direcção da ACO ( Atlantic Coast Orchestra) com os professores Luís Clemente e Colin Metters em direcção de orquestra, José Fayos Jordan e Roberto Fiore em orquestração, Paulo Maciel e Jaime Branco em formação musical e auditiva. No mesmo ano começou a trabalhar na escola de música da Filarmónica Recreativa Cortense.

Dirigiu ensemble da ACO, orquestra sinfonica da ACO, Banda Nova de Manteigas e orquestra de sopros do ENOS Portel, EPABI e Escola Profissional de Seia.

Finalizou o curso superior da academia de direcção da ACO com 17 valores. Em 2017 tomou posse da direcção artística e musical da Filarmónica Recreativa Cortense e deu início ao processo de equivalência de licenciatura na ABRSM (Associeted Board of the Royal Schools of Music).

Em Maio de 2018 conclui com aproveitamento a Licenciatura em Direcção de Orquestra de Sopros pela ABRSM num projecto conjunto com a Escola de Música e Juventude de Mafra.


Corpos Socias - triénio 2017/2019

Assembleia Geral:

Presidente: Marco Alves

Vice Presidente: Joana Santos

Secretário: Aline Miguens

.

Conselho Fiscal:

Presidente: Bernardino Santos

Vice Presidente: João Pedro Faísca

Relator: Gabriel Vila

.

Direcção:

Presidente: Alexandre Barata;

Vice Presidente: Adriano Esteves;

1º Secretário: Mafalda Santos;

2º Secretário: Flavio Inácio;

Tesoureiro: Francisco Pina;

Vogal: Leticia Vila;

Vogal: Steve Vila;

Vogal: Alexandre Barata;

Vogal: José Silva;


Calendário de actuações:

08/06/2019 - Gibaltar - Teixoso

.

15/06/2019 - Marchas Cidade da Covilhã

.

20/06/2019 - Procissão do "Corpo de Deus" - Cortes do Meio

.

22/06/2019 - Marchas Cidade da Covilhã

.

13/07/2019 - Bairro de Sto António - Covilhã

.

03 e 04/08/2019 - Festa de S. José - Bouça

.

15/08/2019 - Quinta do Clérigo - Águas Belas - Sabugal

.

18/08/2019 - Moita - Sabugal

.

07 e 08/09/2019 - Festa de Nª Srª De La Salette - Peso

.

15/09/2019 - Orjais

.

17/11/2019 - 120ª Aniversário da FRC - Cortes do Meio

.



Galeria FRC

Foto datada de sensivelmente 1910

.

2010

.

2011

.

2012

.

2013

.

2014

.

2015

.

2016

.

2017

.

2018

.


Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco


Castelo Branco recebe concerto de Real Combo Lisbonense. 12 JUN.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 10.06.15

Castelo Branco recebe concerto de Real Combo Lisbonense

O legado de Carmen Miranda é revisitado, com Real Combo Lisbonense. No dia 12 de junho, Castelo Branco acolhe este projeto, que se apresenta no Casino da Figueira da Foz, dia 13.

Real Combo Lisbonense tem recuperado, sob uma perspetiva atual, o espírito e a vocação das antigas orquestras e conjuntos de baile, com um repertório essencialmente constituído por clássicos de sempre e pérolas perdidas da música portuguesa.

Quem conhece Carmen Miranda? Toda a gente conhece Carmen Miranda. Nem que sejam duas ou três músicas, das cerca de 300 gravadas pela cantora mais internacional alguma vez nascida em Portugal.

Levada ainda bebé de uma aldeia junto a Marco de Canaveses, Carmen foi para o Rio de Janeiro, cresceu brasileira e nunca voltou à terra onde nasceu.

Apesar disso nós, portugueses, podemos estabelecer uma ligação cultural e afetiva a partir das suas origens: o quotidiano familiar cheio de memórias; a primeira música que cantarolou aos cinco anos, um fado que lhe ensinou a irmã mais velha; o contexto do Rio no início do século XX, com uma enorme população de imigrantes portugueses; a presença de Dona Maria, a mãe, ao longo da vida. Tudo isto deixou marcas na personalidade de Carmen.

De Várzea de Ovelha a Hollywood, com longa escala carioca, ela cresceu com o samba e a malandragem da Lapa, subiu na fama internacional até ao topo, mas nunca desistiu do passaporte português.

Quase 60 anos depois da sua morte, o legado de Carmen Miranda continua ausente da música feita em Portugal. É essa falha que o Real Combo Lisbonense vem colmatar, com um espetáculo totalmente novo que atravessa quase três décadas de história musical, através de um repertório de sambas, marchinhas e outros ritmos tropicais.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Fundada a 11-11-1899

Mais de um século ao serviço da Música, Recreio e Cultura!

.

Telemóvel:

* 967 687 837 * 967 706 294 *

* 969 375 934 *

.

Morada:

Rua Padre Silva n 6

6215-141 Cortes do Meio

Covilhã

.

Endereço eletrónico:

filarmonicacortense@gmail.com


Maestro: Fábio Daniel Esteves Pereira

Fábio Daniel Esteves Pereira nasceu a 28 de maio de 1986. É natural de Unhais da Serra mas cedo veio morar para a freguesia de Cortes do Meio.

Iniciou os estudos de formação musical e instrumento em 1997 na Filarmónica Recreativa Cortense como saxofonista com o maestro António Pão-Alvo.

Em 2000, sob a tutela do Pe. José António Loureiro Pinheiro toma parte da direcção artística do grupo Chama de Deus.

Em 2003 foi seleccionado para a Orquestra de Jazz do Centro, um masterclass jazzístico leccionado por Paulo Perfeito.

No âmbito do projecto Covilhã Filarmónico teve diversos estágios com professores de academia e conservatórios locais.

Em 2010 inicia os estudos em direcção de orquestra de sopros no CEDOS (Centro de estudos de direcção de orquestra de sopros) com os professores Luís Clemente em direcção e análise musical, Carlos Amarelinho em orquestração e Paulo Ramos em formação musical e auditiva.

Conclui o curso médio com 16 valores. Durante o curso médio trabalhou com as bandas da Covilhã, Ponte do Rol, Belinho, Cabreiros, Mafra, Banda Sinfônica da Covilhã.

No mesmo período lectivo obteve o primeiro prémio no concurso de direcção do ENOS ( Estágio Nacional de Orquesta de Sopros) Esposende.

Em 2013 iniciou os estudos em direcção de orquestra na academia de direcção da ACO ( Atlantic Coast Orchestra) com os professores Luís Clemente e Colin Metters em direcção de orquestra, José Fayos Jordan e Roberto Fiore em orquestração, Paulo Maciel e Jaime Branco em formação musical e auditiva. No mesmo ano começou a trabalhar na escola de música da Filarmónica Recreativa Cortense.

Dirigiu ensemble da ACO, orquestra sinfonica da ACO, Banda Nova de Manteigas e orquestra de sopros do ENOS Portel, EPABI e Escola Profissional de Seia.

Finalizou o curso superior da academia de direcção da ACO com 17 valores. Em 2017 tomou posse da direcção artística e musical da Filarmónica Recreativa Cortense e deu início ao processo de equivalência de licenciatura na ABRSM (Associeted Board of the Royal Schools of Music).

Em Maio de 2018 conclui com aproveitamento a Licenciatura em Direcção de Orquestra de Sopros pela ABRSM num projecto conjunto com a Escola de Música e Juventude de Mafra.


Corpos Socias - triénio 2017/2019

Assembleia Geral:

Presidente: Marco Alves

Vice Presidente: Joana Santos

Secretário: Aline Miguens

.

Conselho Fiscal:

Presidente: Bernardino Santos

Vice Presidente: João Pedro Faísca

Relator: Gabriel Vila

.

Direcção:

Presidente: Alexandre Barata;

Vice Presidente: Adriano Esteves;

1º Secretário: Mafalda Santos;

2º Secretário: Flavio Inácio;

Tesoureiro: Francisco Pina;

Vogal: Leticia Vila;

Vogal: Steve Vila;

Vogal: Alexandre Barata;

Vogal: José Silva;


Calendário de actuações:

08/06/2019 - Gibaltar - Teixoso

.

15/06/2019 - Marchas Cidade da Covilhã

.

20/06/2019 - Procissão do "Corpo de Deus" - Cortes do Meio

.

22/06/2019 - Marchas Cidade da Covilhã

.

13/07/2019 - Bairro de Sto António - Covilhã

.

03 e 04/08/2019 - Festa de S. José - Bouça

.

15/08/2019 - Quinta do Clérigo - Águas Belas - Sabugal

.

18/08/2019 - Moita - Sabugal

.

07 e 08/09/2019 - Festa de Nª Srª De La Salette - Peso

.

15/09/2019 - Orjais

.

17/11/2019 - 120ª Aniversário da FRC - Cortes do Meio

.



Galeria FRC

Foto datada de sensivelmente 1910

.

2010

.

2011

.

2012

.

2013

.

2014

.

2015

.

2016

.

2017

.

2018

.