Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

Carlos Santos, baterista de Castelo Branco, ultrapassa recorde do Guiness.

recorde bateria castelo branco

O baterista Carlos Santos, de Castelo Branco, completou na madrugada de sábado 132 horas e 58 minutos na maratona de bateria e ultrapassou o registo mundial do “Guinness” de 122 horas e 25 minutos, pertencente a Kunto Hartono.

Carlos Santos candidatou-se ao “Guinness World Records” para a maratona de bateria e já tinha batido o recorde nacional de 24 horas (no dia 10 de novembro), detido pelo baterista Joaquim Galhardo, de Nisa.

Na madrugada de sábado, o músico albicastrense atingiu as 132 horas e 58 minutos, colocando um ponto final na maratona iniciada a 9 de novembro, no Fórum de Castelo Branco.

Agora, resta esperar pela homologação e reconhecimento do resultado pelo “Guinness”.

Mas, o baterista de Castelo Branco atingiu ainda outro dos objetivos a que se propôs com esta maratona de bateria: mediatizar e defender uma parentalidade positiva.

O jovem, que é pai de uma criança de quatro anos, luta contra a alienação parental.

Carlos Santos, pouco antes de terminar a maratona, que foi acompanhada por centenas de pessoas, dedicou umas curtas palavras a todos os músicos que o acompanharam ao longo desta semana e ao público que lhe deu força e incentivou a continuar: “Dizem-me és o maior. Não. Somos todos os maiores”.

 

115º Aniversário FRC - Almoço/Convívio. 16 NOV

Amanhã vais ser realizada a comemoração do 115º Aniversário da data de fundação da Filarmónica Recreativa Cortense.

Da programação consta, às 11H00, a participação e o acompanhamento musical e coral da Eucaristia Dominical e precedida de uma arruada convidativa, após a Eucaristia Dominical a foto de família FRC e de seguida, pelas 12H30, terá lugar um pequeno concerto. Após o concerto, tem lugar na sede da FRC o Almoço/Convívio de comemoração do 115º Aniversário, para o qual estarão presentes cerca de 130 pessoas, entre as quais estarão representações de instituições do poder local e regional, representações das coletividade, associações e instituições locais, representações das filarmónicas do concelho, os "Amigos da FRC", individualidades que se inscreveram e claro está a família filarmónica da FRC.

Almoço 115º Aniversário.png

 

EPABI apresenta nova Orquestra. TMC, 16 NOV, 17h00.

Rádio Cova da Beira

A escola profissional de artes da Covilhã cria uma orquestra de sopros Portuguesa. O concerto de apresentação deste novo projecto está marcado para o próximo domingo, a partir das 17:00, no Teatro Municipal da Covilhã.

Este novo projecto tem a direcção do maestro Tiago Correia e no concerto de estreia vão ser apresentadas peças de vários compositores nacionais e internacionais. EPABI que viu dois alunos serem seleccionados para integrar a orquestra jovem Portuguesa para a temporada 2014/2015. Os estudantes Pedro Raposo (contrabaixo) e Rúben Valério (tuba) vão integrar este projecto depois da prestação de provas nos dias um e dois de Novembro, nas quais participaram dezenas de jovens músicos de todo o país. A orquestra jovem Portuguesa é um projecto da orquestra de câmara Portuguesa (OCP) e que tem o apoio da “Linklaters” de Portugal e do Reino Unido. Selecciona jovens músicos, entre os 14 e os 23 anos, pela excelência, talento e potencial, formados pelo director artístico Pedro Carneiro. O objectivo passa por constituir uma orquestra juvenil de âmbito nacional e projectar na europa e no mundo a qualidade artística de Portugal.

 

Kimmo Pohjonen. 13 NOV, 21h30, Cine-Teatro Avenida.

Desde o seu inicio em 1996, as apresentações a solo de Kimmo Pohjonen cresceram e evoluíram até ao seu ponto actual. Kimmo modificou o seu acordeão personalizado, adicionando à amplificação, tecnologia Midi, que lhe permite reproduzir e misturar qualquer som que deseje, através das teclas e botões do seu acordeão. A coreografia entre as luzes e o som surround é actualmente complementada com vídeo, um novo e excitante recurso. Kimmo e a sua equipa trabalham em conjunto o desenho de som, luz e vídeo, sincronizando o áudio e todos os elementos visuais com a performance e as poderosas composições ao acordeão, transformando o espectáculo numa experiência única e arrebatadora.
Ficha artística
Kimmo Pohjonen - acordeão, voz
com
Tuomas Norvio – som
Antti Kuivalainen  - desenho de luz

Entrada: €10,00

 

Almost6 - II Festival Internacional de Trompetes. 15 NOV.

A Fundação INATEL em parceria com o grupo Almost6 vem convidar todos os trompetistas integrados nas Bandas Filarmónicas, membros CCD da Fundação INATEL, a participarem num concerto muito especial integrado no II Festival Internacional de Trompete. O concerto será composto por um grande ensemble de trompetes que terá lugar no salão nobre do Conservatório Nacional no dia 15 de Novembro.

Todos os interessados deverão comunicar via e-mail para ccruz@inatel.pt a intenção da sua participação com as seguintes informações:

- Nome
- Idade
- Banda Filarmónica (ou outro CCD) a que pertencem
- Contacto Telefónico

O grupo Almost6 surge em 2007 tendo como objectivo interpretar música numa formação pouco usual em Portugal, explorando as potencialidades do trompete nos seus vários registos (desde o fliscorne ao picolo). O grupo apresenta ainda sonoridades distintas através de vários tipos de surdina. 

São membros do grupo Almost6 e mentores do projeto Festival Internacional de Trompete:

  • Sérgio Charrinho, Trompetista na Orquestra Metropolitana de Lisboa, Professor na Academia Nacional Superior de Orquestra
  • Ricardo Carvalho, Trompetista na Banda Sinfónica da G.N.R.
  • Filipe Coelho, Professor na Escola Profissional da Metropolitana e no Conservatório Nacional
  • Carlos Silva, Trompetista na Banda Sinfónica da G.N.R., Professor na Escola profissional de Artes da Beira Interior e Conservatório Metropolitano de Lisboa
  • Óscar Carmo, Trompetista na Orquestra de Câmara Portuguesa
  • João Duarte, Músico Associado (Percussão)

Para quem estiver interessado em assistir ao Festival, os membros das bandas filarmónicas associadas da Inatel têm condições mais vantajosas

  • Redução do valor do passe
  • Passe de 1 dia – 15€
  • Passe de 2 dias – 25€
  • Passe de 3 dias – 30€