Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

Masterclass de Jazz - Introdução. 22 FEV, Covilhã.

A Masterclass é aberta a todos os músicos de todas as idades e nas várias áreas: sopros (madeiras e metais), cordas, percussão e voz.
Mais Inscrições e informações através do e-mail: bandadacovilha@gmail.com ou 960119969.
Conta com apoio do Clube 51.
Pelas 22:30, o Clube 51 recebe o Café-CONCERTO com os TriTEC e Amigos numa abordagem original e surpreendente. A Não PERDER! O concerto tem entrada livre. O grupo é constituído pelo Paulo Gaspar em Clarinete, Pedro Felgar na Bateria, Elmano Pereira na Tuba, Paulo Bernardino no Clarinete e João Carvalho no Eufónio. No decorrer desta iniciativa será feita a apresentação da Escola de Jazz da Banda da Covilhã pelo seu coordenador, João Roxo que pretende dinamizar a oferta no que respeita à formação musical na região nesta área. Tem como objectivo formar músicos na área do Jazz dando aos alunos todas as ferramentas necessárias para que possam, se interessados, ingressar posteriormente num curso superior de Jazz.
A Escola irá abrir inscrições para 3 CURSOS: Curso de Iniciação; Curso de Jazz e Curso Livre.

Festival Aragens - 3ª Edição. 7 e 8 MAR, Alpedrinha.

 photo 1cartazNet_Aragens2014_zps7d2c58cb.jpg
O Teatro Clube de Alpedrinha apresenta o programa da 3ª edição do Festival de Música “Aragens”, que irá decorrer nos dias 7 e 8 de Março de 2014.
O Festival de música Aragens pretende e reforçar o desenvolvimento cultural do concelho do Fundão e contribuir para a valorização da cultura na Beira Interior.
Programa do Festival:
Dia 7 de Março 2014
First Breath After Coma
Tha Happy Mess
Olivier Libeaux Uncovered Queens of the Stone Age
Split the Beat - Dj Set
Dia 8 de Março 2014
Long Way To Alaska
peixe:avião
Indie Disco - Dj Set
Dj Lynce
Entradas: 10 Aragens Diário - 15 Aragens Geral
Venda de Bilhetes: sede da Associação, Fundão através dos contactos 96 763 08 17/ 96 113 06 21
 

Professores e instrumentistas de renome internacional ensinam música na EPABI.

 

 

Covilhã: Professores e instrumentistas de renome internacional ensinam música na EPABI

 

 

Professores e instrumentistas de renome internacional ensinam música na Escola Profissional de Artes da Covilhã (EPABI) no âmbito do Ciclo de Masterclass 2014, que decorrerá entre os dias 28 de fevereiro e 5 de março, e que engloba a realização de aulas em regime intensivo, nos diversos instrumentos musicais.

Os cursos não são exclusivos para os alunos da EPABI e estão abertos a alunos de conservatórios, academias, escolas profissionais, escolas superiores de música, universidades, entre outros, e jovens que revelem interesse pela música e pretendam adquirir ou aperfeiçoar conhecimentos técnicos e práticos.

Contribuir para o desenvolvimento técnico-artístico dos alunos, partilhar experiências, promover e valorizar o trabalho realizado pelos alunos, motivar o progresso na aprendizagem e criar hábitos de estudo, são as principais finalidades desta Masterclass, que vai já na 3ª edição.

Carlos Salazar, diretor da EPABI, destaca que «o nosso Ciclo de Masterclass constitui uma excelente oportunidade para a partilha de conhecimentos e experiências artísticas, culturais e sociais entre jovens músicos do país e com os professores responsáveis pelos cursos, reunidos na EPABI durante uma semana de trabalho enérgico, mas certamente produtivo e com resultados muito positivos».

Trompete, oboé, guitarra, fagote, piano, flauta transversal são alguns dos instrumentos musicais que constam na oferta formativa contemplada nestes cursos intensivos, ministrados por professores convidados, com elevada experiência e grande qualidade artística, portugueses e estrangeiros. Esta edição ainda conta com a colaboração e parceria do Conservatório Real de Haia – Holanda, entidade que no verão passado se tornou parceira da EPABI, e conjuntamente desenvolvem uma série de atividades de enriquecimento, partilha de metodologias e cooperação institucional ao nível do prosseguimento de estudos dos alunos da EPABI.

As informações sobre a Masterclass estão disponíveis no site da EPABI em www.epabi.pt.

As inscrições podem ser feitas até ao dia 21 de fevereiro, e serão aceites de acordo com as condições de participação nos cursos, e em função do número de vagas disponíveis.

 

Glenn Miller Orchestra - Dir. Ray Mcvay. Cine-Teatro Avenida, 22 FEV, 21h30.

A Glenn Miller Orchestra não deixa morrer a memória e a herança musical do grande trombonista norte-americano desaparecido em 1944. … noite de swing no CCB!
A Glenn Miller Orchestra continua a encantar nos seus espectáculos com os grandes sucessos, Moonlight Serenade, In The Mood, Tuxedo Junction ou Chattanooga Choo Choo.

Ray McVay dirige cerca de 20 talentosos músicos e cantores nesta Big Band que em duas horas de espectáculo, como num estalar de dedos, nos faz recuar até aos anos trinta.
Entrada: 15€00. Primeiros 100 bilhetes: 12€00.

 

“Encontro Cordial” de guitarra clássica, portuguesa e beiroa. CCR, 12 FEV, 21h30, Idanha-a-Nova.

O Centro Cultural Raiano (CCR), em Idanha-a-Nova, recebe amanhã, o espetáculo “Encontro Cordial”, que une a viola beiroa e as guitarras clássica e portuguesa.

O concerto tem início às 21h30m, com entrada livre, e junta em palco os músicos Miguel Carvalhinho (guitarra clássica e viola beiroa), Susana Dias (guitarra clássica) e Bruno Chaveiro (guitarra portuguesa).

O diálogo entre as cordas dos instrumentos promete momentos únicos de música erudita e tradicional, num serão que se pretende intimista e favorável à partilha de emoções.

O espetáculo “Encontro Cordial” insere-se na rubrica cultural “'Comédia' às Quartas”, promovida pelo Município de Idanha-a-Nova.

No âmbito desta rubrica são programadas mensalmente atividades culturais no CCR – nas áreas do cinema, música, teatro ou outras –, sempre à quarta-feira e com entrada livre.

 

Polícia encontra violino Stradivarius roubado

EUA: Polícia encontra violino Stradivarius roubado

A polícia norte-americana anunciou, ter encontrado um raro e precioso violino 'Stradivarius', no estado de Wisconsin. Segundo as autoridades, o instrumento, avaliado em 3,69 milhões de euros, pertencia a Frank Almond, da Orquestra Sinfónica de Milwaukee e foi encontrado em perfeitas condições.
O roubo aconteceu a 27 de Janeiro, quando três ladrões armados (dois homens e uma mulher) atacaram o músico, após um concerto no Colégio Luterano de Wisconsin. Uma semana depois eis que o valioso instrumento é encontrado pela polícia norte-americana. Para assinalar a descoberta, a mesma decidiu partilhar uma foto do violino na conta da polícia do estado de Milwaukee.
Datado com mais de 300 anos, o 'Lipinski Stradivarius', desenhado pelo famoso artesão italiano Antonio Stradivarius, tinha sido emprestado por um indivíduo anónimo, cuja família, do Wisconsin, possui o instrumento há mais de 50 anos. O mesmo foi fabricado em 1715, em Cremona, contando apenas com cerca de 600 exemplares idênticos espalhados pelo mundo inteiro.
O violino 'Stradivarius' é apreciado pela incrível e inimitável sonoridade que o tornam tão valioso e único. Em 2011, houve um 'Stradivarius' a ser vendido por cerca de 11 milhões de euros, num leilão de solidariedade para as vítimas do tsunami que devastou o Japão a 11 de Março do mesmo ano.
 

Nova plataforma para músicos: Novo Músico

Há uma nova plataforma na rede dedicada à música e aos seus músicos; chama-se Novo Músico:

“O Novo Músico é na sua essência um website de procura de músicos e bandas e tem como principal objetivo incentivar a criação e desenvolvimento de projetos musicais em Portugal. Utilidades como a pesquisa por critérios (zona, instrumento, géneros musicais, disponibilidade, etc) para auxiliar na constituição e divulgação de projetos, e o intitulado “webzine”, um espaço de redação livre de notícias, tutoriais ou até sobre histórias de bandas, são exemplos de como se pretende munir o novo músico para os tempos que correm.” Novo Músico

 

Música: Sonatas de Galliard. Centro de Cultura Contemporânea, Castelo Branco, 18 FEV, 21h30.

Johann Ernest Galliard foi um compositor alemão (1666/67- 1747), contemporâneo de Johann Sebastian Bach muito activo em Inglaterra. Eximio executante de oboé e flauta escreveu música para teatro, tendo feito várias experiências singulares em termos de coordenação entre a orquestra e a cena. Mas a sua produção não se resumiu à música de cena, em Março de 1740 escreveu um concerto grosso para 24 fagotes e violoncelo, obra verdadeiramente singular, mas que se encontra perdida. Da sua composição avultam sobretudo um conjunto de sonatas para fagote e baixo contínuo, de escrita muito idiomática, e um conjunto de sonatas para flauta e baixo contínuo. Ambos os conjuntos são de uma riqueza composicional extraordinária, revelando uma concepção cíclica e um sentido de unidade muito evidente.
Galliard desempenhou um papel significativo na vida musical londrina setecentista. Foi membro fundador da Academy of Musica (1726) e da Royal Society of Musicians (1738). Traduziu também para língua inglesa o importante tratado de Tosi dedicado ao Canto, tendo aditado notas relevantes para a explicitação da execução vocal.
Partindo do desafio colocado por Hughes Kesteman para divulgação deste repertório desconhecido do grande público, os músicos que aqui se apresentam assumem o compromisso de gravar em CD esta música cativante após um ciclo de apresentações em concerto. Neste concerto serão apresentadas alternadamente sonatas de Galliard para fagote e para flauta.
Músicos:
Filipa Oliveira, flautas de bísel, Hughes Kesteman, fagote Remi Kesteman e João Paulo Janeiro, baixo contínuo.
Entrada Gratuita.