Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

Orquestra da ESART participa em série da RTP

Castelo Branco: Orquestra da ESART participa em série da RTP

A Orquestra da ESART foi convidada para ser a Orquestra residente de uma série, de 13 programas, produzida pela RTP, e que será emitida em horário nobre.

As gravações dos primeiros seis episódios vão decorrer em Castelo Branco, no auditório da Escola Agrária, de 21 a 25 deste mês.
José Raimundo, diretor da Escola de Artes do IPCB, explica que o programa é apresentado pelo maestro Rui Massena que conhece bem a Orquestra da ESART, e vai abordar diversas obras .

“A qualidade e a tipologia da nossa orquestra, associadas ao número de alunos foram fatores que pesaram na escolha, as peças que vão ser tocadas são da ultima época do romantismo e são obras que precisam de orquestras com 70 a 80 executantes, o que não é simples encontrar entre as orquestras das escolas” afirma José Raimundo.

O diretor da ESART destaca o empenho dos alunos neste projeto, “não é fácil preparar tantas peças em tão pouco tempo, mas é uma experiência única, importante e os alunos estão muito empenhados”.

A segunda série de programas será gravada entre 22 e 28 de março.

 

GUITARRAFONIA - Concerto integrado Fest. de Guitarra de C. Branco. 16 FEV, 21h30, Cine-Teatro Avenida

Guitarrafonia é uma orquestra de guitarras constituída por alunos e professores de escolas do Ensino Artístico Especializado da Música e teve o seu arranque em 2006, com o esforço conjunto de três escolas: Conservatório Regional de Castelo Branco, Academia de Música e Dança do Fundão e Conservatório de Música de S. José da Guarda.

Para além das fundadoras a Guitarrafonia é, actualmente, constituída também por elementos oriundos do Conservatório Regional de Música da Covilhã, do Conservatório Regional de Música de Viseu Dr. José Azeredo Perdigão e da Escola Profissional de Artes da Beira Interior. Ao longo dos anos, foram muitas as escolas que integraram este projecto, nomeadamente: Conservatório de Música de Águeda, Conservatório de Música de Coimbra, Academia de Música do Orfeão de Ovar, Academia de Música de Santa Maria da Feira, Companhia da Música, Academia de Música de Lagos e Conservatório de Música David de Sousa.

Entrada: €5,00

Duração: 60 min.

No ano de 2012 apresenta-se no “XI European Youth Music Festival - Allegromosso” na região de Emília-Romagna (Itália), no “Concurso Internacional Cidade do Fundão” e regressa a Sernancelhe onde é dirigida pelo guitarrista brasileiro Fabio Zanon. Já mais perto do fim desse ano apresentou-se em duas prestigiadas salas: no salão Preto e Prata do Casino Estoril e no Palácio de Fonseca na Universidade de Salamanca.

Maestro titular: Rogério Peixinho.

Corpos sociais da Associação Guitarrafonia:

Direcção: Hugo Simões, Jorge Pires e Pedro Rufino.

Conselho fiscal: Horácio Pio, Roberto Villa-Lobos e José Carlos Sousa.

Mesa da assembleia geral: Paula Sobral, Rogério Peixinho e Pedro Ospina.

 

Spotify - Novo serviço de música em Streaming chega a Portugal

 
O famoso serviço de música em streaming Spotify já está disponível para o mercado português. Este programa permite comprar faixas e álbuns de vários artistas assim como criar listas de reprodução de música online.
O Spotify está disponível em www.spotify.pt e permite a criação de playlists para computadores com os sistemas operacionais Windows, Mac OS X e Linux e em dispositivos móveis como o Symbian, o iPhone, Android e BlackBerry.
Num comunicado enviado ao Boas Notícias, a empresa salienta que o objetivo deste serviço é "levar de forma instantânea toda a música existente no mundo a toda a gente, onde e quando assim o desejarem".
O Spotify torna a procura e organização de listas de reprodução de música mais simples e garante, ao mesmo tempo, que "os artistas e editoras detentoras de direitos também sejam também beneficiados".
O programa foi lançado em 2008 na Suécia, tendo-se estendido rapidamente por toda a Europa. Através de acordos estabelecidos com algumas das mais prestigiadas editoras mundiais, o Spotify permite transmitir faixas e álbuns pela internet a troco do visionamento de publicidade, ou de taxas de utilização.
Os utilizadores do programa vão ter ao seu dispor três tipos de serviço que disponibilizaram mais de 20 milhões de faixas: o Spotify Free, Unlimited e Premium. Parte das músicas disponibilizadas são gratuitas, sendo que os últimos dois serviços exigem o pagamento de quantias entre 3,49€ e 6,99€ mensais que dão acesso a outro tipo de serviços, como o acesso ilimitado a músicas ou a possibilidade de fazer 'downloads'.
20 milhões de utilizadores em todo o mundo
Atualmente, o Spotify tem mais de 20 milhões de utilizadores distribuídos por vários pontos do mundo e espera que em breve esse número suba com a adesão dos internautas portugueses e a inclusão de repertórios de artistas nacionais no serviço online.
Segundo Yann Thebault, Gerente Regional da Spotify, a equipa pretende "criar uma nova oferta aos utilizadores portugueses" e, nesse sentido, trabalhar "com grande empenho junto de várias editoras e artistas" para expandir o negócio. O responsável adianta ainda que “já há vários profissionais da indústria da música e comunicação social em Portugal que já começaram a testar o serviço e o feedback tem sido bastante positivo”.
Para Eduardo Simões, diretor geral da Associação Fonográfica Portuguesa (AFP), "o lançamento do Spotify em Portugal, um dos mais prestigiados e bem sucedidos serviços de música a nível mundial, é uma grande notícia para o país e para os consumidores de música portugueses".
O representante da AFP acredita que "o aumento da oferta legal disponibilizada pelo Spotify vai ajudar um mercado que ainda está maioritariamente assente na venda de suporte físicos a aproximar-se de outros mais desenvolvidos, onde a distribuição digital já tem uma quota muito significativa no total das vendas de música".

Clique AQUI para fazer o 'download' gratuito do Spotify.
 

Loja VGM em modo “outlet” de jazz, clássica e músicas do mundo

VGM

A VGM, provavelmente a mais antiga e resistente loja lisboeta dedicada às outras músicas (que não a comercial), situada Rua Viriato nº12 (mesmo em frente ao antigo edifício do Jornal Público) colocou todo o stock de CD,LP,DVD e livros existentes na loja a preço de saldo.

Ao final do mês Fevereiro podem encontrar uma míriade de títulos de jazz, clássica e músicas do mundo com descontos até 50%, nomeadamente em todos os títulos em catálogo de editoras como a World Circuit, World Music Network, Sterns, Nascente, Cramworld e Topic. Desda forma, os dois primeiros discos de Bassekou Kouyate (“Segu Blue” e “I Speak Fula”) podem ser adquiridos a preços que rondam os 9 euros.

Igualmente, a 40% encontram-se todos os discos de jazz e DVD.

Já toda a música clássica, incluindo a antiga e a contemporânea beneficiam de 30% de desconto, em editoras como a Alia Vox, Alpha, Ricercar, Zigzag, Arcana, Ramé, entre outras. A título de exemplo, “As 4 Aberturas” de Bach, interpretadas por Jordi Savall e Le Concert Des Nations (2CD) custam agora cerca de 13 euros.

Os livros e o vinil têm 20% de desconto.

Encontra-se também disponível na loja da VGM uma secção com 150 referências com desconto de 50%, que abrange todos os estilos musicais. Os preços variam entre os 5 e os 10 €.

Saldos na VGM entre 8 e 28 de fevereiro de 2013. Precisamos de si para continuarmos a existir.

 

Amato Lusitano - Grupo de Música Antiga inicia digressão.

O Ensemble Amato Lusitano inicia este trimestre uma digressão pelas freguesias do concelho de Castelo Branco. Os primeiros dois concertos terão
lugar nos extremos do concelho, em Malpica do Tejo e S. Vicente da Beira.
Músicos:
JOSÉ PEDRO SOUSA - Violoncelo Barroco
FILIPA OLIVEIRA - Flauta de Bisel
Dia: Sábado, 16 Fevereiro
Local: Salão da Junta de Freguesia S. Vicente da Beira
Dia: Domingo, 17 Fevereiro
Local: Salão da Casa do Povo em Malpica do Tejo
Entrada: Gratuita

In: CulturaVibra.org

Metropolitana nomeada para os Prémios Marketeer 2013 - Votação online até ao dia 15 ABR


A Metropolitana está nomeada para a 5.ª edição dos Prémios Marketeer, na categoria Arte e Cultura. O prémio distingue empresas e instituições que se destacaram na área do marketing, publicidade e comunicação em Portugal ao longo do ano de 2012.
Nomeada pela quarta vez consecutiva, a Metropolitana é uma das seis instituições que disputam o prémio na categoria Arte e Cultura. Até ao dia 15 de abril, contamos com os votos do público para poder chegar mais longe nesta edição.
Se se revê no trabalho da Metropolitana, conceda-nos ainda este aplauso, dê-nos o seu voto!
A votação online decorre até ao dia 15 de abril aqui.

A Clave - Outubro 2012.

Jornal da Filarmónica Recreativa Cortense, edição nº 54, outubro de 2012.

Boa apreciação e leitura!

Quer saber as notícias da FRC "fresquinhas"? Faça-se assinante desta publicação mensal e apoie as atividades da FRC. Contacte-nos!!!

 

 

Marito Marques em concerto. Gouveia, 9 FEV

 
Marito Marques em concerto

 

Marito Marques, artista Zildjian e Remo é um baterista/compositor português com reconhecimento internacional.

Com 5 anos de idade, começou a sua carreira musical e desde então passou por várias tours mundiais, onde trabalhou com Anna Maria Jopek, Ivan Lins, Ron Westray, Carlos do Carmo entre muitos outros.

Hoje, com 25 anos, sente que chegou o momento de se afirmar como compositor e mostrar ao mundo as suas criações mais profundas. Este, será um concerto especial, pois nele serão tocadas as suas composições ao vivo pela primeira vez, uma antevisão do disco que tem lançamento previsto ainda este ano. Para este concerto, Marito Marques traz músicos provenientes de 5 países diferentes incluindo o actual percussionista do Sting, Rhani Krija.

A fusão de culturas, cores e sabores é uma das características mais vincadas na sua música.

Este será um concerto totalmente gravado e filmado.

Teatro de Gouveia, 9 de Fevereiro às 21:30.

Para mais informação visite www.maritomarques.com.

20ª Expo Estrela - 9 a 12 FEV, Manteigas.

 


O artista Boss AC é o grande cabeça de cartaz da 20ª Edição da Expo Estrela - Mostra de Actividades Económicas de Manteigas, que começa no sábado, 9, e se prolonga até terça-feira, 12.

O programa inicia-se sábado, 9, com uma banda local, Sweet Children e com o artista Leandro. No domingo, 10, a música das filarmónicas locais é que estará em evidência. Já no dia 11, sobem ao palco os Funk Pop Music e “Boss Ac”. Terça-feira, 12, dia de Carnaval, há uma feira do queijo e o desfile.

O orçamento do certame é de 75 mil euros. “Somos modestos naquilo que gastamos” assegura o autarca local, Esmeraldo Carvalhinho, que lembra que de ano para ano o investimento tem vindo a decrescer nesta iniciativa, mas “não é possível reduzir mais”.

O autarca de Manteigas diz que, em princípio, dará tolerância de ponto aos funcionários do município e reconhece que o facto do Carnaval não ser feriado tem influência na redução do fluxo de turistas à Serra da Estrela. Porém, acredita que esta é uma época “de forte atração à Serra. Este não é o turista de Primavera ou Verão. Ele reparte-se pelo território e visita as diversas mostras” que existem na região, sobretudo associadas à produção de queijo Serra da Estrela.

O objectivo da Câmara é duvulgar e promover os produtos locais naquela que considera ser a “melhor época” da região no que concerne ao turismo. A mostra conta com 61 expositores. O artesanato será um dos destaques.

“O objetivo é dinamizar o tecido económico e cultural do concelho. Este é um mês de intensa atividade na Serra, e há quem diga que é um contrassenso haver tanta coisa em tantos locais. Mas nós pensamos ser a melhor época do ano porque é aquela que traz mais gente à região” afirma o autarca de Manteigas. Esmeraldo Carvalhinho.

In: Notícias da Covilhã

 

TMG - Jazz com Fail Better! 7 FEV, 22h.

Na próxima quinta-feira, dia 7 de Fevereiro, o TMG apresenta no Café Concerto o quinteto Fail Better! O concerto tem entrada livre e está marcado para as 22h00.
O grupo reúne músicos provenientes das cidades do Porto, Coimbra e Lisboa. A sua base é a união de dois projectos: o duo portuense formado por João Guimarães (saxofone) e João Filipe (percussão) que editou em 2012 “Ancestral”, pela Sonoscopia Records e o trio THE NAP, que junta o percussionista João Filipe aos conimbricenses Marcelo dos Reis (guitarras) e José Miguel (contrabaixo). Luís Vicente (trompete) vem completar a formação, acrescentado riqueza tímbrica e aumentando as possibilidades expressivas do
quinteto, cuja música é capaz de percorrer territórios bastante distintos do Jazz.
Trata-se de um espectáculo apresentado em parceria com o Jazz ao Centro Clube e no âmbito da rede 5 Sentidos da qual fazem parte o Centro Cultural Vila Flor, o Teatro Maria Matos, o Teatro Municipal da Guarda, o Teatro Virgínia e o Teatro Viriato.