Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

"Sexta-Feira Santa" - Marcha Fúnebre de Chopin

Hoje é "Sexta-Feira Santa", dia da crucificação e morte de Jesus, deixamos um vídeo da Marcha Fúnebre de Chopin, interpretada pela Banda Sinfónica Ciudad de Baeza, uma peça "imortal" deste grande músico e compositor.

Peça musical que consta do repertório da nossa banda e que já foi interpretada neste mesmo dia em outros anos, hoje será interpretada uma outra mas com o mesmo sentimento de pesar e consternação, durante a procissão do "Enterro do Senhor", que levamos a efeito em Cortes do Meio, pelas 20h30.

 

 

Kumpania Algazarra em “Ao Vivo FMM 2011″. Download.

É uma festança que se mantém, bem perto do eternamente…
Este é o registo que os Kumpania Algazarra prepararam para nos oferecer antes ainda da saída do segundo álbum de originais. Álbum esse para o
qual a banda já pediu ajuda a todos os fãs, a todos os interessados em investir num projecto de sucesso. O sucesso que se pressente a cada passo deste EP, um registo gravado por João Paulo Nogueira durante o encerramento da 13ª edição do FMM Sines.
Portanto, se dúvidas há, é ouvir este EP e perceber inequivocamente em que está a investir. Neste caso, é investir num projecto do mundo, num projecto multicultural com cerca de 500 actuações ao vivo. Kumpania Algazarra é sinónimo de festa, de animação, de alta rotação. “Ao Vivo FMM 2011″ é o aperitivo que serve de prova. E que prova.
O EP está disponível para download legal e gratuito.
 

Download Legal de “Ao Vivo FMM 2011″

 

capa de Ao Vivo FMM 2011
Kumpania Algazarra – “Ao Vivo FMM 2011″ (Optimus Discos, 2011)

01 Introdução/Madlei
02 Supercali
03 Oh Cidade
04 Bailinho
05 Wild Zone

| WORLD MUSIC |
kumpaniaalgazarra.no.sapo.pt
ww.myspace.com/kumpaniaalgazarra
pt-br.facebook.com/pages/Kumpania-Algazarra/50163417405
optimus.blitz.pt/discos

IN: A Trompa

Os destaques de Abril a Julho no TMG: uma mão cheia de cultura!

 


O TMG apresentou a nova programação para os meses de Abril a Julho.
Entre os destaques, o regresso do OVNI – Festival Internacional de Objectos Vivos, com seis espectáculos de marionetas, teatro de objectos, novo-circo e teatro visual, vindos da Holanda, Espanha, França e Portugal.
Na música, os concertos de Rodrigo Leão, Fingertips, Jorge Palma e David Fonseca, que apresentam os seus novos trabalhos discográficos.
Na dança, a nova produção da Companhia Nacional de Bailado: “La Valse” (com coreografia de Paulo Ribeiro e curta-metragem de João Botelho) e “A Sagração da Primavera” (com coreografia de Olga Roriz).
Nas artes plásticas, destaque para a exposição de Mário Cesariny.
Outro dos destaques é “Uma Bizarra Salada”, um espectáculo que mistura teatro e música, pela Orquestra Metropolitana de Lisboa e com os actores Bruno Nogueira e Luísa Cruz.
De referir ainda a estreia do Cine Concerto “Trilogia de Curtas-metragens”, com música ao vivo.


Rodrigo Leão é o primeiro dos destaques da nova programação. Actua a 25 de Abril no Grande Auditório, no âmbito do 7º Aniversário do Teatro Municipal da Guarda. O músico português vem apresentar “A Montanha Mágica”, o seu último disco. Ainda em Abril, no dia 28, os Fingertips apresentam “2”, o último trabalho editado com a nova vocalista, Joana Gomes.

Em Maio é a vez das marionetas e do teatro visual com o OVNI – Festival Internacional de Objectos Vivos. O festival começa no dia 4 com “A cerejeira da lua”, de António Torrado, pela companhia Lua Cheia Teatro para Todos. Segue-se “Smart as a Donkey”, da companhia holandesa TAMTAM Theatre,
no dia 5 (uma extensão do FIMFA LX12). A companhia utiliza objectos rotineiros, do quotidiano e acrescenta-lhes música e vídeo para contar a história de um burro que afinal não o era. Ainda no OVNI, apresenta-se no dia 11 a companhia Telón de Azúcar, de Espanha, que nos traz o espectáculo “Crónicas de lo Diminuto”, um espectáculo que explora as técnicas do teatro de sombras e de luz negra. No dia 12, o TMG apresenta o espectáculo de novo circo “Debout de Bois”, da companhia francesa La Main d’Oeuvres. Um maravilhoso espectáculo que tem como objecto central um tronco que serve de parceiro, de instrumento musical e de aparelho de circo. No dia 16, segue-se “A Nova Bailarina”, de Aldara Bizarro. Um espectáculo de movimento e humor sobre valores e ética. O Festival Internacional de Objectos Vivos termina no dia 26 com o espectáculo “Catabrisa”, de Joana
Providência
, Gémeo Luís & Eugénio Roda. Um espectáculo de teatro de sombras que conta a história de um menino e da sua paixão pela aventura e que o TMG apresenta em duas sessões, integrado na iniciativa Famílias ao Teatro. Ainda para as famílias, o TMG apresentará neste quadrimeste “O
Vento”, pelas Visões Úteis, em Abril, e “Farfalle” pela Companhia TPO de Itália em Junho. Este último é um belíssimo espectáculo de teatro visual, apresentado no âmbito de uma extensão do FITEI.
Ainda em Maio, no dia 19, Jorge Palma apresenta o seu mais recente disco de originais “Com Todo o Respeito”, acompanhado pelo filho, Vicente Palma. Um espectáculo intimista que celebra também os 40 anos de carreira do cantautor português.

Em Junho, no dia 1, a Companhia João Garcia Miguel apresenta “Romeu e Julieta” na versão pessoal e única de João Garcia Miguel. O encenador pega numa das mais conhecidas histórias de sempre de Shakespeare, num regresso aos textos do dramaturgo inglês.
Do teatro para as artes plásticas, em Junho é inaugurada na Galeria de Arte do TMG a exposição “Visto a Esta Luz”, de Mário Cesariny. Uma colecção da Fundação Cupertino de Miranda que será comissariada por António Gonçalves e que reúne pintura e instalação de um dos nomes maiores do Surrealismo português. A exposição ficará patente entre 2 de Junho e 29 de Julho.
Também no dia 2, à noite, é a pianista e compositora Joana Sá que actua no TMG. A artista, que desenvolve trabalhos na chamada Música Nova, interpretará uma peça para piano preparado, toy piano, electrónica e utensílios mobile.
Ainda em Junho, no dia 16, estreiam Curtas-metragens com música ao vivo. Um cine-concerto que é também uma produção do TMG que reúne os músicos guardenses: Micro Animal Voice, Élia Fernandes e Kubik. Os artistas irão apresentar a sua banda sonora para as curtas de cinema mudo: “Emak-Bakia” de Man Ray; “Film” de Samuel Beckett e “Romance Sentimental” de Sergei Eisenstein e Grogory Alexandrov.
Outro dos grandes destaques de Junho é a Companhia Nacional de Bailado que apresentará, no dia 20, “La Valse”, com curta-metragem realizada por João Botelho acompanhada de coreografia de Paulo Ribeiro, e ainda “A Sagração da Primavera”, numa coreografia de Olga Roriz.
O mês de Junho termina com o espectáculo “Seasons – Rising”, de David Fonseca, que apresenta este seu novo disco no dia 30.

O destaque de Julho vai para o espectáculo de teatro e música “Uma Bizarra Salada”, pela Orquestra Metropolitana de Lisboa, com os actores Bruno Nogueira e Luísa Cruz. Está marcado para o dia 13 e promete arrancar muitas gargalhadas. Um recital absurdo, mas muito bem interpretado.
 

Banda Sinfónica da Covilhã - CONCERTO SINFÓNICO. 5 ABR, 21h30, TMC, Entrada Livre.

O IX Estágio Nacional da Banda Sinfónica da Covilhã tem, nesta edição, como tema subjacente as paisagens musicais sinfónicas. A selecção das obras teve como pano de fundo, por um lado, diferentes estilos musicais e, por outro, compositores e obras que tenham alcançado mérito internacional e, consequentemente, entrado no repertório básico das bandas sinfónicas de todo o mundo. A lista de obras contempla a selecção de obras originais para banda sinfónica, na sua versão expandida por algumas cordas (Violoncelos e Contrabaixos) e piano, e a execução de uma transcrição de obra para orquestra sinfónica da autoria de Maurice Ravel.
É um concerto a não perder e será interpretado por uma orquestra de cerca de 75 músicos escolhidos a partir de um concurso nacional. A equipe de professores incluem 3 coordenadores de secção de orquestra e 3 assistentes de direcção de orquestra. A direcção musical está a cargo do Maestro Luís Miguel Clemente sendo a direcção artística da responsabilidade do Prof. Eduardo Cavaco.

Repertório:
Fanfare & Allegro – Clifton Williams
Of Sailors and Whales – Francis McBeth
1. Ishmael
2. Queequeg
3. Father Mapple
4. Ahab
5. The White Whale
Punchinello – Alfred Reed
Pavane pour une Infante
Defunte
- Ravel
Sinfonia nr 1 – O Caminho de Santiago – Juan Gomez Deval
1. Meditacion y peregrinage
2. Paisaje y Leyenda
3. Oración y milagro
4. Santiago y el Jubileo

Uma organização da Banda da Covilhã que conta com o apoio da EPABI e patrocínio da Câmara Municipal da Covilhã, Fundação Inatel, Reitoria da Universidade da Beira Interior, Russomusica, Majestic e Zildjan.
 

Pág. 3/3