Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

Seia Jaz & Blues 2012 - Cine-Tatro da Casa Municipal da Cultura

Já há novidades do Seia Jazz & Blues 2012.
Para já a principal novidade é a decisão do município em manter no calendário cultural de Seia a realização deste importante evento local, com dimensão nacional.
Embora afetado pelo período de contenção que atravessa toda a sociedade, aí está a 8ª edição do festival, que anuncia para dia 17 de Fevereiro LUISA SOBRAL e dia 18 MR. BLUES. Pelo meio, estão previstos outros concertos e workshop’s a sair brevemente.


Luísa Sobral, saiu do anonimato em 2003 graças à sua participação no programa Ídolos, da SIC, quando tinha apenas 16 anos. Não venceu, mas ficou em terceiro lugar e garante ter aprendido a lidar com as câmaras e a cantar para públicos grandes.
Pouco tempo depois, partiu para os Estados Unidos para estudar na Berklee College of Music, onde terminou a licenciatura em 2009 e teve oportunidade de aperfeiçoar a sua técnica.
Depois de acabar o curso em Boston, Luísa Sobral foi viver para Nova Iorque, onde desenvolveu a sua identidade musical. Entre as suas influências, estão nomes como Billie Holiday, Ella Fitzgerald, Chet Baker, Björk, Regina Spektor, Rui Veloso, Jorge Palma, Bernardo Sassetti, Sara Tavares, Maria João e Mário Laginha.
Entretanto, passou algum tempo a tocar em bares e em festivais. Durante a estadia nos Estados Unidos, foi nomeada nas categorias de Melhor Canção Jazz, no Malibu Music Awards, em 2008, e na de Melhor Artista Jazz no Hollywood Music Awards; e concorreu ao International Songwirting Competition, em 2007, e ao The John Lennon Songwriting Competition, em 2008.
Luísa Sobral, editou o seu álbum de estreia, "The Cherry On My Cake", a 14 de Março de 2011, e logo na primeira semana atinge o nº 3 da tabela de vendas em Portugal. 'Not There Yet' é o primeiro single a sair do disco.

http://www.luisasobral.com/_music.html

Luísa Sobral – voz; Carlos Miguel – bateria; João Salcedo – piano; João Hasselberg - contrabaixo


Dia 18 de Fevereiro, será a vez de Mr. Blues


Mr Blues é uma das bandas mais proeminentes de Portugal, em actividade desde 2005.
A linguagem musical que os Blues proporcionam e a vasta experiência dos músicos envolvidos já lhe permitiu tocar em vários Festivais Internacionais de Jazz & Blues.
O quinteto pauta-se por uma selecção criteriosa dos temas e pelo seu extenso reportório. Já foram convidados para a 1ª parte dos
concertos de vários nomes internacionais consagrados.


José Santos
– Voz; Pedro Nunes – Guitarra; Tó Luis – Baixo; Tozé Salomão – Guitarra; Miguel Lança – Bateria

Bilhetes: Normal - 5 €
C/ Cartão Municipal - 2,5 €