Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

Missão Sorriso - Centro Hospitalar Cova da Beira contemplado.

 
missao_sorriso.jpg
Os mais de 650 mil euros angariados durante a oitava edição da Missão Sorriso vão agora ser aplicados na implementação de 16 dos melhores projectos de pediatria ou obstetrícia apresentados a concurso.
Os Hospitais contemplados são o D. Estefânia (Lisboa), o Hospital de Santa Maria (Lisboa), o Hospital Fernando da Fonseca (Lisboa), o Hospital Infante D. Pedro (Aveiro), o Centro Hospitar de Vila Nova de Gaia/Espinho, o  Hospital S. João (Porto), o Hospital Pedro Hispano (Matosinhos), a Maternidade Julio Dinis (Porto), a Maternidade Bissaya Barreto (Coimbra), o Centro Hospitalar Cova da Beira (Covilhã), o Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio (Portimão), o Centro Hospitalar do Alto Ave (Guimarães), o Hospital de S. André (Leiria), o Hospital de Braga e, pela primeira, o Hospital Distrital da Figueira da Foz e a Maternidade Dr. Daniel de Matos (Coimbra).
Das 22 candidaturas apresentadas a concurso provenientes de Hospitais Pediátricos, Maternidades e Hospitais com serviço de Pediatria e/ou Obstetrícia foram seleccionadas as 16 melhores de acordo, com a sua  pertinência e impacto local.
A selecção dos projectos foi feita pelos portugueses que entusiasticamente (190.000 votos) votaram online no site do Continente (a FRC também contribuiu e apelou ao voto) e pelo Júri Missão Sorriso, constituído por um representante do Continente, um representante do Alto Comissariado da Saúde e por um representante dos médicos. O peso dos votos na eleição dos projectos vencedores foi de 55% para o Júri Missão Sorriso e de 45% na votação do público.

“Estou Seguro no Centro Hospitalar Cova da Beira” é a designação do projecto que o Centro Hospitalar da Cova da Beira apresentou e que foi contemplado pela "Missão Sorriso" com 60 mil euros. É um projecto que visa dotar os Internamentos de Pediatria, Neonatologia e Obstetrícia deste Centro Hospitalar, de um sistema electrónico de protecção, (sistema de pulseiras electrónicas) que previna o rapto e/ou a saída não autorizada de recém-nascidos e crianças das instalações do hospital.

A FRC felicita o CHCB e orgulha-se de ter colaborado neste feito.