Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

RTP Música na grelha da TV Cabo a 07 de Março

O novo canal temático por cabo da televisão pública, o RTP Música, arranca a 07 de Março e teve um investimento de 1,3 milhões de euros, anunciou o responsável pelo projecto, Jaime Fernandes.
Jaime Fernandes perspectiva que as receitas do projecto tapem o investimento realizado já este ano, remetendo mais esclarecimentos sobre os conteúdos e a orientação do canal para momento mais próximo da sua estreia na televisão.

O RTP Música pretende ser um espaço de divulgação dos músicos dos países de língua oficial portuguesa, “vocacionado para os músicos portugueses e músicos de língua portuguesa”.

O radialista e apresentador Álvaro Costa será uma das figuras do canal, revelou Jaime Fernandes.

A RTP apresentou um novo canal temático por cabo, o RTP Música, que pretende ser um espaço de divulgação dos músicos dos países de língua oficial portuguesa.

Em declarações à agência Lusa, Jaime Fernandes, responsável pelo projecto, explicou que se trata de um canal temático “vocacionado para os músicos portugueses e músicos de língua portuguesa”.

“Formatámos um canal onde há lugar para a música portuguesa, brasileira, angolana, moçambicana, cabo-verdiana, da Guiné e de São Tomé...", disse, esclarecendo que os músicos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa que “tenham música que se enquadre no canal terão ali a sua oportunidade para a mostrar”.

Jaime Fernandes adiantou que o “canal de divulgação” não vai ter “programas muito específicos”, mas irá “recuperar coisas antigas” e, “sobretudo, apostar muito na música nova”.
Questionado sobre quais as plataformas onde o canal vai estar disponível, Jaime Fernandes afirmou que esse assunto está “em negociações".

A equipa do RTP Música, que será lançado a 07 de março para coincidir com o aniversário da estação pública de televisão, está ainda a ser construída, mas Jaime Fernandes realça que as “caras do canal” vão ser “novas”.