Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Filarmónica Recreativa Cortense

Filarmónica Recreativa Cortense

Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

Orquestra do Algarve faz digressão ao Brasil

A Orquestra do Algarve (OA) vai dar em Janeiro cinco concertos no Brasil, o primeiro dos quais durante a abertura da XXIX Oficina de Música de Curitiba, evento no qual a formação algarvia participa pela primeira vez.

Em comunicado, a orquestra anunciou que, além dos concertos, que marcam a sua estreia no Brasil, a formação musical participará também no evento ao nível da formação, com a realização de “masterclasses” de instrumentos.

O primeiro concerto, que será no próximo dia 09 no Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto, Curitiba, terá como músicos convidados os Fry Street Quartet (Estados Unidos), Olga Kiun (Rússia) Piotr Zukowski (Polónia) e Fernando Rocha (Brasil).
O concerto, que não conta com a formação completa da orquestra algarvia, mas apenas com um quinteto de sopros, decorre no âmbito da abertura da XXIX da Oficina de Música de Curitiba.

Dois dias depois, a anterior formação de sopros da OA irá interpretar temas de Adrien Barthe, Charles-Édouard Lefevre, Blas Maria de Colomer e Claude-Paul Taffanel.

Este concerto decorrerá na SESC da Esquina, tal como o de dia 13 de Janeiro, onde um quarteto de cordas composto por chefes de naipe da OA apresentarão um reportório dedicado a Bedrich Smetana e a Alexander Borodin.

A orquestra na sua formação completa irá actuar no Canal da Música, no dia 15, em conjunto com a harpista Jennifer Campbell, e no dia 18 ao lado do solista Fernando Rocha (marimbas).

Ambos os concertos serão dirigidos por Osvaldo Ferreira, director artístico e maestro titular da OA e também director Artístico da XXIX Oficina de Música, na vertente de música erudita.

A Oficina de Música de Curitiba, um dos maiores eventos de música da América Latina, realizado anualmente durante 20 dias, é promovida pela Câmara e Fundação Cultural de Curitiba.
Conta com a participação de mais de 1.500 estudantes de diversas áreas musicais e professores vindos de todos os continentes.