Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Fundada a 11-11-1899

Mais de um século ao serviço da Música, Recreio e Cultura!

.

Telemóvel:

* 967 687 837 * 967 706 294 *

* 969 375 934 *

.

Morada:

Rua Padre Silva n 6

6215-141 Cortes do Meio

Covilhã

.

Endereço eletrónico:

filarmonicacortense@gmail.com


Maestro: Fábio Daniel Esteves Pereira

Fábio Daniel Esteves Pereira nasceu a 28 de maio de 1986. É natural de Unhais da Serra mas cedo veio morar para a freguesia de Cortes do Meio.

Iniciou os estudos de formação musical e instrumento em 1997 na Filarmónica Recreativa Cortense como saxofonista com o maestro António Pão-Alvo.

Em 2000, sob a tutela do Pe. José António Loureiro Pinheiro toma parte da direcção artística do grupo Chama de Deus.

Em 2003 foi seleccionado para a Orquestra de Jazz do Centro, um masterclass jazzístico leccionado por Paulo Perfeito.

No âmbito do projecto Covilhã Filarmónico teve diversos estágios com professores de academia e conservatórios locais.

Em 2010 inicia os estudos em direcção de orquestra de sopros no CEDOS (Centro de estudos de direcção de orquestra de sopros) com os professores Luís Clemente em direcção e análise musical, Carlos Amarelinho em orquestração e Paulo Ramos em formação musical e auditiva.

Conclui o curso médio com 16 valores. Durante o curso médio trabalhou com as bandas da Covilhã, Ponte do Rol, Belinho, Cabreiros, Mafra, Banda Sinfônica da Covilhã.

No mesmo período lectivo obteve o primeiro prémio no concurso de direcção do ENOS ( Estágio Nacional de Orquesta de Sopros) Esposende.

Em 2013 iniciou os estudos em direcção de orquestra na academia de direcção da ACO ( Atlantic Coast Orchestra) com os professores Luís Clemente e Colin Metters em direcção de orquestra, José Fayos Jordan e Roberto Fiore em orquestração, Paulo Maciel e Jaime Branco em formação musical e auditiva. No mesmo ano começou a trabalhar na escola de música da Filarmónica Recreativa Cortense.

Dirigiu ensemble da ACO, orquestra sinfonica da ACO, Banda Nova de Manteigas e orquestra de sopros do ENOS Portel, EPABI e Escola Profissional de Seia.

Finalizou o curso superior da academia de direcção da ACO com 17 valores.

Em 2017 tomou posse da direcção artística e musical da Filarmónica Recreativa Cortense e deu início ao processo de equivalência de licenciatura na ABRSM (Associeted Board of the Royal Schools of Music).


Corpos Socias - triénio 2017/2019

Assembleia Geral:

Presidente: Marco Alves

Vice Presidente: Joana Santos

Secretário: Aline Miguens

.

Conselho Fiscal:

Presidente: Bernardino Santos

Vice Presidente: João Pedro Faísca

Relator: Gabriel Vila

.

Direcção:

Presidente: Alexandre Barata;

Vice Presidente: Adriano Esteves;

1º Secretário: Mafalda Santos;

2º Secretário: Flavio Inácio;

Tesoureiro: Francisco Pina;

Vogal: Leticia Vila;

Vogal: Steve Vila;

Vogal: Alexandre Barata;

Vogal: José Silva;


Mapa de actuações:

06-01-2019 - Cortes do Meio

16:00 - Concerto de Ano Novo - Igreja Matriz de Cortes do Meio.

.



Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

.

Passeio de Natal Solidário - "ajude-nos a ajudar!"

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 12.12.18

De referir que a Filarmónica Recreativa Cortense, juntamente com os Amigos do Pedal são parceiros desta iniciativa.

PENTA DA COVILHÃ/OXYGEN-BIKES ORGANIZAM

Autoria e outros dados (tags, etc)

148º Aniversário da banda da Covilhã

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 10.12.18

Ontem foi o encerramento das comemorações dos 148 anos da Banda da Covilhã.

 

A Filarmónica Recreativa Cortense esteve presente no almoço comemorativo com o Francisco Pina e Alexandre Barata.

1.jpg

bc.jpg

2.jpg

 

3.jpg

À Banda da Covilhã desejamos muitos anos de vida repletos de sucessos e realizações musicais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Passeio de Natal Solidário - "ajude-nos a ajudar!"

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 07.12.18

A sede da Filarmónica Recreativa Cortense é um dos pontos de recolha desta iniciativa.

 

Até dia 16/12, deixe na nossa sede um brinquedo ou um bem não perecível.

46787687_2050300131729610_7744101131638276096_n.jp

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

"PASTORES" - Uma marca para todo o ano

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 05.12.18

pastores.png

"PASTORES": UMA MARCA PARA TODO O ANO, RCB - Rádio Cova da Beira

Autoria e outros dados (tags, etc)

Para quem não teve oportunidade de ver, aqui fica o registo do concerto da Filarmónica Recreativa Cortense do passado dia 24/11/2018:

Autoria e outros dados (tags, etc)

12291181_1390233207951112_1828323021025329559_o.jp

Queridos Filarmónicos da FRC
Caríssimo presidente da FRC
Representantes de todos os quadrantes associativos, autárquicos e religiosos
Amigos da FRC

 

Na passagem de mais um aniversário desta família centenária, para além de festejar também é tempo de balanço de modo a que o que feito de menos bem possa ser já melhorado e o que se fez bem possa continuar a acontecer.

 

A quando da minha entrada em funções como diretor artístico da FRC estabeleci objetivos a curto e médio prazo para esta casa que na generalidade estão a ser cumpridos.

Almejamos sempre mais e trabalhar com pressão catapulta-nos para uma entrega desmedida ás necessidades desta casa.

Neste primeiro triênio propus-me a aumentar progressivamente a qualidade musical da Filarmónica: check

Aumentar o número de instrumentistas numa dinâmica do que é as nossas carências: check

Num trabalho com a direção equipar os musicos com instrumentos de melhor qualidade: check

 

Mas num futuro imediato ainda há muito que fazer como a criação da orquestra juvenil, aquisição de mais instrumentos como é exemplo os tímpanos, todo o naipe de saxofones, um encontro de bandas, mais formação externa para os instrumentistas, intercâmbio europeu com bandas onde nossos emigrantes residam...

Estou convicto que no próximo aniversário irei dizer mais "checks".

Mas para tudo isto ser alcançado é necessário o compromisso mútuo. Nesta senda em que a carolice é um pilar, cabe a nós todos dar um pouco do nosso tempo pela vitalidade desta instituição.

 

Estão criadas todas as condições sejam elas físicas ou humanas para elaborar um trabalho de excelência como é fazer boa música.

Quantas associações não gostariam de ter um núcleo de 30 ou 40 pessoas para laborar diariamente.

Sei o quanto muitos dão por esta casa mas também sei que todos juntos podemos dar mais.

Paciência aos mais velhos, responsabilidade aos mais novos são virtudes que quero ver espelhado no seio da nossa família filarmónica.

As pessoas vão e a obra fica.

Eu não quero nem desejo que saíam mas se por ventura acontecer que façam de cabeça erguida de trabalho feito e que deixam um legado digno de ser exaltado por todos.

 

Tenham prazer de fazer Boa música e de pertencer a esta familia.

Sinto me um privilegiado de ser um de vós, neste nós que é a Filarmónica Recreativa Cortense.

 

Viva a FRC

JUNTOS....... SOMOS MUITOS

Autoria e outros dados (tags, etc)

Passeio de Natal solidário - ponto de recolha

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 28.11.18

A Filarmónica Recreativa Cortense, juntamente com os "Amigos do Pedal" associam-se a esta causa, sendo a sede da Filarmónica um dos pontos de recolha.

Vamos tornar o natal mais feliz a quem mais precisa, deixa na Filarmónica Recreativa Cortense um bem ou brinquedo que será doado a familias carenciadas.

46787687_2050300131729610_7744101131638276096_n.jp

Autoria e outros dados (tags, etc)

Filarmónica Recreativa Cortense em Concerto - Salão Cultural da Bouça

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 26.11.18

1.jpeg

A convite do GDAC Bouça, e integrado nas comemorações do aniversário da sua secção Jovem, a Filarmónica Recreativa Cortense esteve presente no salão cultural da Bouça para brindar todos os presentes com mais um concerto.

2.jpeg

É sempre com prazer redobrado que mostramos o nosso trabalho na nossa Freguesia.

4.jpeg

 

5.jpeg

 

5.jpg

 

6.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

2.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Amanhã, Filarmónica Recreativa Cortense em Concerto - a não perder

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 23.11.18

1.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Fundada a 11-11-1899

Mais de um século ao serviço da Música, Recreio e Cultura!

.

Telemóvel:

* 967 687 837 * 967 706 294 *

* 969 375 934 *

.

Morada:

Rua Padre Silva n 6

6215-141 Cortes do Meio

Covilhã

.

Endereço eletrónico:

filarmonicacortense@gmail.com


Maestro: Fábio Daniel Esteves Pereira

Fábio Daniel Esteves Pereira nasceu a 28 de maio de 1986. É natural de Unhais da Serra mas cedo veio morar para a freguesia de Cortes do Meio.

Iniciou os estudos de formação musical e instrumento em 1997 na Filarmónica Recreativa Cortense como saxofonista com o maestro António Pão-Alvo.

Em 2000, sob a tutela do Pe. José António Loureiro Pinheiro toma parte da direcção artística do grupo Chama de Deus.

Em 2003 foi seleccionado para a Orquestra de Jazz do Centro, um masterclass jazzístico leccionado por Paulo Perfeito.

No âmbito do projecto Covilhã Filarmónico teve diversos estágios com professores de academia e conservatórios locais.

Em 2010 inicia os estudos em direcção de orquestra de sopros no CEDOS (Centro de estudos de direcção de orquestra de sopros) com os professores Luís Clemente em direcção e análise musical, Carlos Amarelinho em orquestração e Paulo Ramos em formação musical e auditiva.

Conclui o curso médio com 16 valores. Durante o curso médio trabalhou com as bandas da Covilhã, Ponte do Rol, Belinho, Cabreiros, Mafra, Banda Sinfônica da Covilhã.

No mesmo período lectivo obteve o primeiro prémio no concurso de direcção do ENOS ( Estágio Nacional de Orquesta de Sopros) Esposende.

Em 2013 iniciou os estudos em direcção de orquestra na academia de direcção da ACO ( Atlantic Coast Orchestra) com os professores Luís Clemente e Colin Metters em direcção de orquestra, José Fayos Jordan e Roberto Fiore em orquestração, Paulo Maciel e Jaime Branco em formação musical e auditiva. No mesmo ano começou a trabalhar na escola de música da Filarmónica Recreativa Cortense.

Dirigiu ensemble da ACO, orquestra sinfonica da ACO, Banda Nova de Manteigas e orquestra de sopros do ENOS Portel, EPABI e Escola Profissional de Seia.

Finalizou o curso superior da academia de direcção da ACO com 17 valores.

Em 2017 tomou posse da direcção artística e musical da Filarmónica Recreativa Cortense e deu início ao processo de equivalência de licenciatura na ABRSM (Associeted Board of the Royal Schools of Music).


Corpos Socias - triénio 2017/2019

Assembleia Geral:

Presidente: Marco Alves

Vice Presidente: Joana Santos

Secretário: Aline Miguens

.

Conselho Fiscal:

Presidente: Bernardino Santos

Vice Presidente: João Pedro Faísca

Relator: Gabriel Vila

.

Direcção:

Presidente: Alexandre Barata;

Vice Presidente: Adriano Esteves;

1º Secretário: Mafalda Santos;

2º Secretário: Flavio Inácio;

Tesoureiro: Francisco Pina;

Vogal: Leticia Vila;

Vogal: Steve Vila;

Vogal: Alexandre Barata;

Vogal: José Silva;


Mapa de actuações:

06-01-2019 - Cortes do Meio

16:00 - Concerto de Ano Novo - Igreja Matriz de Cortes do Meio.

.