Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Fundada a 11-11-1899

Mais de um século ao serviço da Música, Recreio e Cultura!

.

Telemóvel:

* 967 687 837 * 967 706 294 *

* 969 375 934 *

.

Morada:

Rua Padre Silva n 6

6215-141 Cortes do Meio

Covilhã

.

Endereço eletrónico:

filarmonicacortense@iol.pt


Maestro: Fábio Daniel Esteves Pereira

Fábio Daniel Esteves Pereira nasceu a 28 de maio de 1986. É natural de Unhais da Serra mas cedo veio morar para a freguesia de Cortes do Meio.

Iniciou os estudos de formação musical e instrumento em 1997 na Filarmónica Recreativa Cortense como saxofonista com o maestro António Pão-Alvo.

Em 2000, sob a tutela do Pe. José António Loureiro Pinheiro toma parte da direcção artística do grupo Chama de Deus.

Em 2003 foi seleccionado para a Orquestra de Jazz do Centro, um masterclass jazzístico leccionado por Paulo Perfeito.

No âmbito do projecto Covilhã Filarmónico teve diversos estágios com professores de academia e conservatórios locais.

Em 2010 inicia os estudos em direcção de orquestra de sopros no CEDOS (Centro de estudos de direcção de orquestra de sopros) com os professores Luís Clemente em direcção e análise musical, Carlos Amarelinho em orquestração e Paulo Ramos em formação musical e auditiva.

Conclui o curso médio com 16 valores. Durante o curso médio trabalhou com as bandas da Covilhã, Ponte do Rol, Belinho, Cabreiros, Mafra, Banda Sinfônica da Covilhã.

No mesmo período lectivo obteve o primeiro prémio no concurso de direcção do ENOS ( Estágio Nacional de Orquesta de Sopros) Esposende.

Em 2013 iniciou os estudos em direcção de orquestra na academia de direcção da ACO ( Atlantic Coast Orchestra) com os professores Luís Clemente e Colin Metters em direcção de orquestra, José Fayos Jordan e Roberto Fiore em orquestração, Paulo Maciel e Jaime Branco em formação musical e auditiva. No mesmo ano começou a trabalhar na escola de música da Filarmónica Recreativa Cortense.

Dirigiu ensemble da ACO, orquestra sinfonica da ACO, Banda Nova de Manteigas e orquestra de sopros do ENOS Portel, EPABI e Escola Profissional de Seia.

Finalizou o curso superior da academia de direcção da ACO com 17 valores.

Em 2017 tomou posse da direcção artística e musical da Filarmónica Recreativa Cortense e deu início ao processo de equivalência de licenciatura na ABRSM (Associeted Board of the Royal Schools of Music).


Corpos Socias - triénio 2017/2019

Assembleia Geral:

Presidente: Marco Alves;

Vice Presidente: Joana Santos;

Secretário: Aline Miguens;

.

Conselho Fiscal:

Presidente: Bernardino Santos;

Vice Presidente: João Pedro Faisca;

Relator: Gabriel Vila;

.

Direcção:

Presidente: Alexandre Barata;

Vice Presidente: Adriano Esteves;

1º Secretário: Mafalda Santos;

2º Secretário: Flavio Inácio;

Tesoureiro: Francisco Pina;

Vogal: Leticia Vila;

Vogal: Steve Vila;

Vogal: Alexandre Barata;

Vogal: José Silva;



Mapa de actuações:

25-11-2017 - Encontro Filarmónico no Paúl;

.

17-12-2017 - Concerto de Natal na Igreja Paroquial de Cortes do Meio


Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

.

Serranices - 4 a 6 AGO, Unhais da Serra

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 04.08.17

Foto de Serranices.

O Festival das Serranices está de volta, de 04 a 06 de Agosto 2017 em Unhais da Serra!
Caminhadas | Actividades desportivas | Animação de rua | Workshops | Música
Junta-te a esse evento que reúne todos os Unhaesens com boa música, animação de rua, produtos regionais, artesanato e muito boa disposição.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Festival Salva a Terra 2017 - 22 A 25 JUN. Salvaterra do Extremo

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 19.06.17

Foto de Salva a Terra - Ecofestival pelo CERAS.

De 22 a 25 de junho do a aldeia do concelho de Idanha-a-Nova recebe mais uma edição do Festival Salva a Terra, uma organização da Quercus - ANCN que serve para financiar o CERAS Centro de Estudos e Recuperação de Animais Selvagens, que funciona em Castelo Branco desde 1999.

Este é um evento cem por cento pro bono, no qual toda a organização, artistas e formadores são voluntários, onde o principal objetivo é angariar fundos para o CERAS, o para o qual reverte a totalidade das receitas.
Serão quatro dias de muita música, cinema, natureza e animação, num programa que inclui ainda workshops, conferências e exposições.

A lotação do festival está limitada a 1500 entradas. Por isso garante a tua presença!

http://salvaterra.pt/

Autoria e outros dados (tags, etc)

Foto de Conservatório de Música Covilhã.

Inserido em na 7ª Edição do MaioMusicall, vimos por este meio divulgar o Workshop de Violino e Violoncelo, orientado pelas professores Marilyn Brito e Ana Raquel Pinheiro (ex aluna do Conservatório da Música da Covilhã), respetivamente, que decorrerá no próximo dia 21 de maio, no Conservatório de Música da Covilhã.
Paralelamente irão ser apresentados os mais recentes livros pedagógicos "O Meu Primeiro Livro de Violino" da autoria de Marilyn Brito e “O Violoncelo: jogos para m...iúdos / prescrições para graúdos” da autoria de Ana Raquel Pinheiro.
Estará também disponível para aquisição algum material pedagógico (livros, cadernos, autocolantes e carimbos pedagógicos).

As inscrições decorrem até dia 18 de maio, e podem ser feitas no site do Conservatório de Música da Covilhã, www.conservatoriomusicacovilha.pt, ou através do link https://goo.gl/forms/NPmCiY61YFZzXeZv2 , onde também poderá encontrar mais informações.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Foto de Conservatório de Música Covilhã.

Inserido em na 7ª Edição do MaioMusicall, vimos por este meio divulgar o Workshop de Educação Vocal, orientado pela professora Nélia Gonçalves, professora de Canto do Conservatório de Música da Covilhã que decorrerá no próximo dia 20 de maio, no Conservatório de Música da Covilhã.

O workshop irá abordar temas como, fatores de risco para a saúde vocal, estratégias e comportamentos para uma boa saúde vocal, noções e práticas para uma postura corporal correta, entre outras, e as inscrições são abertas ao público em geral.

As inscrições decorrem até dia 18 de maio, e podem ser feitas no site do Conservatório de Música da Covilhã, www.conservatoriomusicacovilha.pt, ou através do link https://goo.gl/forms/MKbAzoT9AcihoTF83 onde também poderá encontrar mais informações.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Foto de Concurso Internacional de Percussão da Beira Interior. 

A segunda edição do Concurso Internacional de Percussão da Beira Interior, que se realiza na Covilhã de sábado, dia 8, a terça, dia 11, integrará uma componente de aprendizagem para os alunos de ensino básico que envolverá mais de 500 alunos.

“Não é um concurso unicamente para ver quem ganha e quem não ganha, mas também para a população escolar. Temos inscritas para os ‘workshops’, que se fazem nos dias 10 e 11, 511 crianças”, referiu o maestro Luís Cipriano da organização.

Promovido pela Associação Cultural da Beira Interior em parceria com a Câmara da Covilhã e com a empresa municipal ICOVI, o evento contará com 12 ‘workshops’, que permitirão às crianças ficar a conhecer e experimentar os instrumentos que serão utilizados no concurso, o que deverá contribuir para incentivar o gosto musical destes alunos.

“Uma criança só pode querer aprender determinado instrumento depois de conhecer esse instrumento”, explicou Luís Cipriano, referindo ainda que a organização também ficará atenta às crianças que revelem capacidades musicais, de modo a avisar os pais desse valor.

Esta aposta também cumpre o objetivo da descentralização, uma vez que das crianças inscritas apenas 50 são oriundas da sede de concelho, sendo as restantes das outras freguesias do concelho.

Por outro lado, o concurso manterá naturalmente a competição para jovens músicos, estando inscritos 36 participantes de várias nacionalidades.

Entre os países representados está a Hungria, Espanha e Portugal, sendo que alguns dos estudantes estudam noutros países, como Holanda, Alemanha, França, Suíça e Suécia.

Uma adesão que é sublinhada pelo presidente do concurso, Marco Fernandes, que assume a expectativa de que a “grande qualidade” e nível artístico verificados na primeira edição se repitam.

“Pelo que temos visto nas fichas de inscrição, vamos ter mais uma vez uma grande edição”, apontou.

Com as categorias A (até aos 12 anos), B (até aos 15 anos) e C (até aos 18 anos), este concurso também se distingue pelo facto de não atribuir dinheiro como prémio, mas sim material e instrumentos musicais.

“Consideramos que esta é a melhor forma de contribuirmos para que possam ter condições de continuar a aprender e de concorrerem em edições futuras”, referiu Marco Fernandes.

Além das provas serem abertas a espetadores, o concurso também terá espetáculos dirigidos ao público. No sábado, realiza-se o concerto de abertura com vendedor da primeira edição, André Dias, e no dia 11 atuam os laureados das categorias B e C desta edição. Os concertos têm lugar no auditório da Faculdade de Medicina e estão marcados para as 21:00.

Uma oferta que é destacada pelo presidente da Câmara Municipal da Covilhã, Vítor Pereira, que lembra a importância destes eventos para “notabilizar, a Covilhã, o concelho e a cultura que é atualmente produzida na esfera do município”.

O orçamento do concurso é de 30 mil euros, valor que seria muito maior se não fosse o apoio de várias entidades locais, bem como de conhecidas marcas internacionais de instrumentos.

In: Lusa

Autoria e outros dados (tags, etc)

Concertos com os The Gift e Mário Zambujo são alguns dos destaques da agenda cultural do município de Castelo Branco para o segundo trimestre de 2017.

Além destes concertos, a Agenda Cultura Vibra inclui ainda um conjunto vasto de atividades para os meses de abril, maio e junho, onde se incluem, o teatro, exposições, dança ou ‘workshop’ de modelação 3D e laboratórios de arte digital.

"Como é habitual, a programação que aqui desvendamos cobre as mais diversas áreas artísticas e assume um ecletismo que é uma das matrizes identitárias da nossa oferta", explica o presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia.

Na vasta programação cultural para os próximos três meses, o autarca destaca ainda os espetáculos de António Zambujo e dos Artistas Unidos, dois espetáculos enquadrados no centenário do Santuário de Fátima, um de música pelo Vox Angelis e outro de dança contemporânea, pela Vórtice Dance Company.

António Zambujo sobe ao palco do Cineteatro Avenida no dia 23 de abril, às 18:00, para apresentar ao vivo o seu último disco "Até Pensei Que Fosse Minha", onde o músico presta uma homenagem em forma de disco, exclusivamente composto por canções de Chico Buarque e gravado no Brasil sob a alçada do próprio mestre da música popular brasileira, que chega a colaborar com António Zambujo num dos temas, "Joana Francesa".

Ainda no campo musical, os Vox Angelis vão atuar na Igreja de Nossa Senhora de Fátima, no dia 29 de abril, pelas 21:30, sendo que este grupo de 16 músicos profissionais promove a divulgação da música clássica, sobretudo a música sacra, e interpreta obras que vão do século XV ao século XX.

Os The Gift atuam no Cineteatro Avenida no dia 05 de maio, às 21:30, para apresentarem o seu mais recente álbum, "Altar", um disco de 10 canções feitas durante dois anos.

Para maio estão agendados dois espetáculos de dança dos Vórtice Dance Company, que atuam nos dias 12 e 13 de maio, no Cineteatro Avenida às 21:30, com o espetáculo "Fátima - O Dia em que o Vórtice Sol Dance Bailou".

A 27 de maio, O Cineteatro Avenida recebe o Festival Nacional de Folclore de Primavera, e, no dia 09 de junho, às 21:30, decorre o espetáculo de teatro "Cânticos de Barbearia" de Carlos Tê e com encenação de Luísa Pinto.

A 18 de junho, a escola de dança Art Kompany atua no Cineteatro Avenida às 17:00.

Autoria e outros dados (tags, etc)

EPABI - Workshop de Direção. 5 a 7 ABR.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 18.03.17

Foto de Escola Profissional de Artes da Covilhã.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Workshop Música e Movimento. Conservatório de Música da Covilhã.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 28.11.16

Música & Movimento com Prof.ª Ana Seixas e Prof.ª Concha Tavares
Link para inscrição online:
https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeodEjKIk6neChhn57lb6OC13druw10DSNmuWI60rnjiPiLaA/viewform

Autoria e outros dados (tags, etc)

Conservatório Regional de Castelo Branco promove workshop de Jazz

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 24.11.16

Conservatório Regional de Castelo Branco promove workshop de Jazz

O Conservatório associou-se ao Dia Mundial em Memória das vítimas da estrada, no passado sábado, organizado pela Christian Motorcycle Association, que se realizou na Biblioteca Municipal.

As alunas Raquel Cabeças e Rita Roque da classe de guitarra do professor Joaquim Pires representaram o Conservatório numa excelente participação musical.

No próximo fim-de-semana, dias 26 e 27, o Conservatório Regional de Castelo Branco irá promover um workshop de Jazz, orientado pelo guitarrista André Santos. Este workshop é destinado a todos os instrumentistas e cantores, com ou sem conhecimentos na área do jazz. Esta será certamente uma excelente oportunidade para todos os entusiastas do jazz, se iniciarem nesta linguagem musical.

No dia 3 de Dezembro pelas 15 horas, decorrerá também no Conservatório, um workshop de violino para adultos. As inscrições estão abertas até ao dia 30 de Novembro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Idanha-a-Nova recebe Festival Internacional de Músicas Antigas 

A vila de Idanha-a-Nova recebe a quinta edição do Fora do Lugar – Festival Internacional de Músicas Antigas, entre dia 25 e 10 de dezembro, evento que este ano promove dois concertos no mercado de Natal de Estrasburgo.

Nesta quinta edição, o festival leva a Idanha-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, músicos do panorama nacional e internacional, da música antiga e de cruzamento, como Sete Lágrimas (Portugal), Eduardo Paniagua (Espanha), Trio Porteño (Portugal), Musicantes (Espanha), Dave Boyd e Isaac Muller (Irlanda e Holanda) e Kepa Junkera & Sorginak (Espanha/País Basco).

A par da programação principal, o Fora do Lugar promove ainda um conjunto alargado de atividades paralelas nas áreas da natureza, serviços educativo, ‘masterclasses’, ‘workshops’, “concertos ao ouvido” e gastronomia.

“Há um ano, o Fora do Lugar foi o palco de uma boa nova. Hoje, é novamente o palco onde celebramos o primeiro aniversário [de Idanha-a-Nova] enquanto Cidade Criativa da Música pela UNESCO, cruzando conceitos, práticas e territórios que refletem uma vocação integradora, visível à escala global”, explica, em comunicado, o diretor artístico da iniciativa, Filipe Faria.

O festival promove ainda dois concertos – Fora do Lugar, Fora do País – em Estrasburgo (França), numa parceria com os municípios de Idanha-a-Nova e da cidade de Estrasburgo no âmbito do Mercado de Natal da Europa.

“Os resultados das edições anteriores falam por si, reforçando a validade de uma opção política que ilustra, ao nível local, a capacidade de produzir cultura num cenário onde muitos não concebem pensá-la nestes moldes: o país perdido das pequenas aldeias quase desertas”, sublinha Filipe Faria.

O grupo Sete Lágrimas abre a programação, no dia 25, com um concerto na antiga Sé de Idanha-a-Velha, às 21:30.

No dia seguinte, o músico espanhol Eduardo Paniagua atua em Monsanto, com canções de mistério, amor e guerra e músicas do ‘alcázar’ medieval de Madrid.

No dia 02 de dezembro, no edifício da antiga câmara de Salvaterra do Extremo, atua o Trio Porteño, e, no dia seguinte, em Ladoeiro, sobem ao palco os espanhóis Musicantes.

A 09 de dezembro, o Centro Cultural Raiano, em Idanha-a-Nova, recebe Dave Boyd e Isaac Muller, e, no dia 10 de dezembro, Kepa Junkera & Sorginak regressam à antiga Sé de Idanha-a-Velha para encerrar o festival.

O Fora do Lugar é produzido pela Arte das Musas em parceria com a Câmara de Idanha-a-Nova e conta com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura e da Direção-Geral das Artes, entre outras entidades.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Banda da Covilhã - Encontro de Percussão. 11 e 12 NOV

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 04.11.16

Este encontro/workshop de percussão tem por base o encontro de percussionistas da Beira Interior, como objetivo a partilha de ideias referentes ao mundo percussivo, a criação de momentos pedagógicos coletivos através de um plano que abranja todas as idades e níveis de ensino e aumentar/melhorar a nossa experiência enquanto profissionais (pedagogos e performers).
Contamos com a ajuda de todos para a concretização deste importante projeto.

IMPORTANTE: Gratuito*
* Cada participante deve dar uma contribuição à sua consideração, após 5 de Novembro as inscrições ficam condicionadas à existência de vagas

Concertos
Workshop
Demonstrações
Oficinas

FICHA TÉCNICA: ...
Coordenação: Vasco Fazendeiro e José Silva
Direção Artística: Eduardo Cavaco
Organização: Banda da Covilhã
Apoio Institucional: Município da Covilhã e União de Freguesias da Covilhã e Canhoso
Patrocínios: Biblioteca Café Concerto e Music Arte - Loja de Instrumentos da Covilhã

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Workshop de Composição Instantânea na Moagem. 16 ABR.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 11.04.16

O Município do Fundão vai promover, no dia 16 de abril, sábado, das 15.00 às 17.00 horas, n’ A Moagem – Cidade do Engenho e das Artes, no Fundão, o Workshop de Composição Instantânea, orientado pelo saxofonista e compositor Desidério Lázaro.

Esta oficina de cariz prático é destinada a músicos de todos os níveis/instrumentos, onde serão dadas ferramentas destinadas à composição, sob forma de exercícios musicais e conceptuais.

Esta formação terá o custo de 10€ e para mais informações e inscrições deverá utilizar o contacto telefónico 968 167 553 ou o endereço de correio eletrónico 

orquestramunicipaldofundao@gmail.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

A organização do festival Be-In Gathering, que decorre em Idanha-a-Nova entre os dias 18 e 21 e que dá as boas-vindas ao verão, disse hoje à agência Lusa que já vendeu 2.000 bilhetes para participantes de 60 países.

“Neste momento, temos cerca de 2.000 bilhetes vendidos para 60 países, o que é fantástico para uma primeira edição. Estamos muito satisfeitos”, revelou o membro da organização Alfredo Vasconcelos.

O Be-In Gathering é um festival temático que decorre em Idanha-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, cujo programa se estende por quatro dias e que destaca a espiritualidade, bem-estar, ioga, meditação, massagens e terapias, além da música.

“Este é um festival temático e será em Portugal o primeiro grande festival a tratar o ‘healing’ [cura] como o tema principal”, disse.

Alfredo Vasconcelos disse estar “extremamente satisfeito” com a adesão verificada e adiantou que, como se trata de um evento de fim de semana (começa numa quinta-feira e termina no domingo), “espera-se ainda muitos portugueses”.

Para já, as expectativas da organização para esta primeira edição apontavam para a presença de 2.000 a 2.500 pessoas.

“Penso que vamos conseguir esse objetivo, o que nos dá uma enorme satisfação”, sublinha a organização.

Alfredo Vasconcelos adiantou ainda que o objetivo, no futuro, passa por realizar o Boom Festival nos anos pares, e intercalar, nos anos ímpares, com estes eventos mais pequenos e temáticos.

“Em princípio, o Be-In será um festival a acontecer de dois em dois anos, intercalando sempre com o Boom”, disse.

O evento decorre no mesmo espaço onde se realiza o Boom Festival, na Herdade da Granja, junto às margens da barragem Marechal Carmona, para que as pessoas possam usufruir em pleno da propriedade.

“Vai ser uma experiência bem diferente daquela que proporciona o Boom e é isso que pretendemos”, sublinha a organização.

Alfredo Vasconcelos disse esperar que este seja um encontro “bem calmo” e que sirva uma vez mais de lançamento de Idanha-a-Nova e do “boomland” como uma plataforma para este tipo de atividades e acontecimentos culturais.

“A ideia é termos aqui no interior e, particularmente, em Idanha-a-Nova, eventos culturais de diversas dimensões”, concluiu.

O Be-In pretende comemorar o solstício de verão com a comunidade global e apela a um estilo de vida mais sustentável.

No recinto, haverá “workshops”, palestras, terapias, sessões de cura e atividades para crianças.

Estão ainda previstas três noites de “live organic trance” e “world music”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Workshop de ornamentação renascentista por Manuel Pascual

O Barroco musical inicial, considerado no período entre 1600 e 1650, atingiu em Portugal uma expressão particularmente desenvolvida. Não só o centro musical de Santa Cruz de Coimbra mas também a Casa de Bragança, em Vila Viçosa, através dos seus primazes, desenvolveram acções importantes de desenvolvimento das práticas musicais no seio ducal, com a constituição de uma bibliotecas musicais extraordinárias, que mantiveram um crescimento consistente de aquisição e produção de livros mesmo nos períodos difíceis de domínio filipino e pós-restauração. Na enorme biblioteca régia, da qual hoje só conhecemos a primeira parte do índice, encontramos representados quase todos os compositores italianos-chave na verdadeira revolução musical que foi o anúncio do Barroco, com a ópera, a monodia, o baixo contínuo e o desenvolvimento dos repertórios idiomáticos para instrumentos de corda e sopro. É desse universo musical efervescente onde pontuam obras de Dario Castello, Giovanni Paolo Cima, João Lourenço Rebelo, entre outros e de outras que se conservam nos manuscritos musicais da Universidade de Coimbra que se pretende dar conta neste concerto de flauta de bisel, corneta e baixão.

Músicos: Manuel Pascual, corneta, Janaina Nóbrega, flautas de bísel Hughes Kestmann, baixão.

Entrada: Gratuita.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Workshop de Eletroacústica. 16 e 19 DEZ, Guarda. Inscrições abertas.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 13.12.13

Estão abertas as inscrições para o Workshop de Eletroacústica [em ambiente Pure Data] que o Conservatório de Música de São José da Guarda e o Teatro Municipal daGuarda organizam no pequeno auditório do TMG sob a orientação do músico João Pais, entre 16 e 19 de dezembro. A atividade decorrerá entre as 10h e as 13h e entre as 14h30 e as 17h30 nos referidos dias.
Os interessados deverão inscrever-se no Conservatório até à próxima quarta feira (11 de dezembro). O valor da inscrição é de 45 euros para o público em geral e de 40 euros para alunos e professores do Conservatório. Esta iniciativa é limitada a 15 participantes.
No final do workshop, no dia 19, haverá uma apresentação final ao público, pelas 21h30, no pequeno auditório e com entrada livre.
João Pais nasceu em Lisboa em 1976. Começou os seus estudos musicais nas classes de piano e violino. Iniciou os seus estudos de composição com Evgueni Zoudilkine, continuando-os com Christopher Bochmann e António Pinho Vargas na ESML e Jeremy Dale Roberts no Royal College of Music (Londres). Entre 2002 e 2005 estudou na Escola Superior de Música de Friburgo com Mathias Spahlinger, Mesias Maiguashca e Orm Finnendahl, como bolseiro da FCT. Entre 2003 e 2004 foi tutor do estúdio de música eletrónica da mesma escola.
Participou em seminários de composição com Emmanuel Nunes e Salvatore Sciarrino, entre outros (Paris, Darmstadt, Szombathély) e de direção coral. Estudou direção coral com José Robert.
Juntamente com os seus colegas Diana Ferreira e Luís Antunes Pena fundou e dirigiu entre 1997 e 2001 o festival Jornadas Nova Música em Aveiro.
Com Alberto C. Bernal e Johannes Kreidler desenvolve o projeto Endphase, focando os temas da improvisação e música conceptual com meios eletrónicos. A sua música foi tocada na Europa e Ásia.
Presentemente vive e trabalha em Berlim.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Workshop de Técnica Vocal e Concerto de Ópera em Castelo Novo

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 26.11.13

Fundão: Workshop de Técnica Vocal e Concerto de Ópera em Castelo Novo

O Município do Fundão e o Ensemble Vox Angelis vão dinamizar, a partir do dia 30 de novembro a 1 de dezembro, na Igreja da Misericórdia, em Castelo Novo, um Workshop de Técnica Vocal.

No sábado, dia 30, vai realizar-se um concerto de ópera protagonizado pelos professores Pedro Miguel Nunes (Barítono), Maria José Carvalho (Soprano) e Mário Paulo Alves (Cravo e Contínuo), elementos pertencentes aos Vox Angelis, que será aberto ao público, com entrada gratuita, de forma a demonstrar as potencialidades da voz.

No domingo, dia 1 de dezembro, realiza-se o workshop. De manhã, entre as 10h00 e as 14h00, vai haver uma explicitação sobre a voz, com a história da voz e do canto. De tarde, entre as 15.00h e as 19.00h, haverá uma aula coletiva sobre técnica vocal e a colocação vocal, com diversos exercícios.

Os objetivos deste workshop são conhecer o funcionamento do aparelho fonador e os mecanismos básicos de produção vocal, explicar quais as principais patologias vocais e por que motivo acontecem, dotar o profissional da voz de estratégias para evitar o mau uso vocal, potenciar o trabalho vocal e prevenir o aparecimento de perturbações vocais, treinar a voz e o canto através de exercícios práticos, assim como dar noções de aquecimento vocal, postura e melodia.

A inscrição terá o custo de 15 euros e poderá ser realizada através do e-mail associação@voxangelis.com.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Destinado a crianças entre os 3 e 5 anos de idade.

Integrado nas comemorações do seu aniversário, o Conservatório Regional de Música da Covilhã, realizará no dia 23 de Novembro um Workshop de Música e Movimento, destinado a crianças dos 3 aos 5 anos. Aliando a música ao movimento criativo, este workshop pretende desenvolver a coordenação motora, a audição e a sensibilidade das crianças, num ambiente de alegria e diversão.
Será orientado pelas professoras Concha Tavares (música) e Ana Seixa (dança). mais informações

Autoria e outros dados (tags, etc)

d'Orfeu - Workshop de Ableton Live. 10 e 11 NOV, 14h00 às 20h00.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 06.11.12

No fim-de-semana de 10 e 11 de Novembro, em horário intensivo, a d'Orfeu acolherá o Workshop de Ableton Live (software de música ao vivo e composição), orientado por Hugo Grave, reforçando a sua aposta numa d'Formação multidisciplinar e de complementaridade entre as componentes musicais e técnicas. As inscrições já estão abertas.



Os conteúdos incidirão sobre as diferentes técnicas de integração do software Ableton Live numa situação de música ao vivo, como DJ ou com uma banda. Lançado em Janeiro de 2009, "Live" trata-se de um programa de som baseado em loops desenhado pela marca Ableton, que se difere de outros softwares sequenciadores pela noção de ser tanto um instrumento para performances ao vivo, como uma ferramenta para compôr.
Exploração de efeitos ou midi mapping em sincronização com outro computador, são alguns dos temas abordados no workshop, que funcionará em dois dias, sábado 10 e domingo 11, das 14h às 20h, com a duração total de 12 horas. A inscrição tem o valor de 55€ (45€ para Cartão d'Orfeu) e está limitada ao número máximo de 10 participantes. É necessário equipamento próprio - portátil e auscultadores -, sendo fornecida pelo formador a versão trial do programa, que funciona em ambiente Mac e Windows.
Para mais informações sobre o workshop e os descontos, contactar pelo e-mail <dformacao@dorfeu.pt>, no sítio www.dorfeu.pt/dformacao, pelos telefones 234 603 164 / 934 623 775 ou presencialmente na d’Orfeu, no horário habitual de atendimento 9h30-12h30 e 14h00-18h30.


Workshop de Ableton Live
Formador: Hugo Grave
Preço: 55€ (45€ cartão d’Orfeu)
Inscritos: mínimo 3 formandos | máximo: 10 formandos
Carga horária total: 2 módulos de 6h (12h total)
Local: d’Artec (casa de formação técnica da d’Orfeu)
Necessidades: computador pessoal (Mac ou Windows) e auscultadores. Versão trial do Live distribuída pelo formador
CONTEÚDOS
Warping + Controladores midi + Fx e Fx racks + Looper, dub delay fx sequencer rack (SÁBADO) + Sincronização de Ableton com hardware externo efeitos e sintetizadores + Sincronização de 2 Ableton Live vídeo & audio + Usar o live para remixar uma banda (DOMINGO)
DADOS BIOGRÁFICOS | Hugo Grave
Designer de Som, formou-se na Oficina de Música (Aveiro) no Curso de Sonoplastia, na ETIC (Lisboa) no Curso de Som e mais especificamente na Point Blank (Londres) no Curso da Ableton Live, com o formador Freddy (Frogs) Cuin (certified Ableton trainer). Como freelancer, tem desenvolvido diversos trabalhos de Designer de Som para Spook Flick Pictures, Director de Som e Mixer no web live show "Microfone", Composição musical para filmes institucionais e spots de rádio, e assistência como Técnico de Som a várias bandas e pubs em Portugal.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Serranices 2012. 28 JUL a 5 AGO. Unhais da Serra.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 28.07.12

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Fundada a 11-11-1899

Mais de um século ao serviço da Música, Recreio e Cultura!

.

Telemóvel:

* 967 687 837 * 967 706 294 *

* 969 375 934 *

.

Morada:

Rua Padre Silva n 6

6215-141 Cortes do Meio

Covilhã

.

Endereço eletrónico:

filarmonicacortense@iol.pt


Maestro: Fábio Daniel Esteves Pereira

Fábio Daniel Esteves Pereira nasceu a 28 de maio de 1986. É natural de Unhais da Serra mas cedo veio morar para a freguesia de Cortes do Meio.

Iniciou os estudos de formação musical e instrumento em 1997 na Filarmónica Recreativa Cortense como saxofonista com o maestro António Pão-Alvo.

Em 2000, sob a tutela do Pe. José António Loureiro Pinheiro toma parte da direcção artística do grupo Chama de Deus.

Em 2003 foi seleccionado para a Orquestra de Jazz do Centro, um masterclass jazzístico leccionado por Paulo Perfeito.

No âmbito do projecto Covilhã Filarmónico teve diversos estágios com professores de academia e conservatórios locais.

Em 2010 inicia os estudos em direcção de orquestra de sopros no CEDOS (Centro de estudos de direcção de orquestra de sopros) com os professores Luís Clemente em direcção e análise musical, Carlos Amarelinho em orquestração e Paulo Ramos em formação musical e auditiva.

Conclui o curso médio com 16 valores. Durante o curso médio trabalhou com as bandas da Covilhã, Ponte do Rol, Belinho, Cabreiros, Mafra, Banda Sinfônica da Covilhã.

No mesmo período lectivo obteve o primeiro prémio no concurso de direcção do ENOS ( Estágio Nacional de Orquesta de Sopros) Esposende.

Em 2013 iniciou os estudos em direcção de orquestra na academia de direcção da ACO ( Atlantic Coast Orchestra) com os professores Luís Clemente e Colin Metters em direcção de orquestra, José Fayos Jordan e Roberto Fiore em orquestração, Paulo Maciel e Jaime Branco em formação musical e auditiva. No mesmo ano começou a trabalhar na escola de música da Filarmónica Recreativa Cortense.

Dirigiu ensemble da ACO, orquestra sinfonica da ACO, Banda Nova de Manteigas e orquestra de sopros do ENOS Portel, EPABI e Escola Profissional de Seia.

Finalizou o curso superior da academia de direcção da ACO com 17 valores.

Em 2017 tomou posse da direcção artística e musical da Filarmónica Recreativa Cortense e deu início ao processo de equivalência de licenciatura na ABRSM (Associeted Board of the Royal Schools of Music).


Corpos Socias - triénio 2017/2019

Assembleia Geral:

Presidente: Marco Alves;

Vice Presidente: Joana Santos;

Secretário: Aline Miguens;

.

Conselho Fiscal:

Presidente: Bernardino Santos;

Vice Presidente: João Pedro Faisca;

Relator: Gabriel Vila;

.

Direcção:

Presidente: Alexandre Barata;

Vice Presidente: Adriano Esteves;

1º Secretário: Mafalda Santos;

2º Secretário: Flavio Inácio;

Tesoureiro: Francisco Pina;

Vogal: Leticia Vila;

Vogal: Steve Vila;

Vogal: Alexandre Barata;

Vogal: José Silva;



Mapa de actuações:

25-11-2017 - Encontro Filarmónico no Paúl;

.

17-12-2017 - Concerto de Natal na Igreja Paroquial de Cortes do Meio