Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Fundada a 11-11-1899

Mais de um século ao serviço da Música, Recreio e Cultura!

.

Telemóvel:

* 967 687 837 * 967 706 294 *

* 969 375 934 *

.

Morada:

Rua Padre Silva n 6

6215-141 Cortes do Meio

Covilhã

.

Endereço eletrónico:

filarmonicacortense@iol.pt


Maestro: Fábio Daniel Esteves Pereira

Fábio Daniel Esteves Pereira nasceu a 28 de maio de 1986. É natural de Unhais da Serra mas cedo veio morar para a freguesia de Cortes do Meio.

Iniciou os estudos de formação musical e instrumento em 1997 na Filarmónica Recreativa Cortense como saxofonista com o maestro António Pão-Alvo.

Em 2000, sob a tutela do Pe. José António Loureiro Pinheiro toma parte da direcção artística do grupo Chama de Deus.

Em 2003 foi seleccionado para a Orquestra de Jazz do Centro, um masterclass jazzístico leccionado por Paulo Perfeito.

No âmbito do projecto Covilhã Filarmónico teve diversos estágios com professores de academia e conservatórios locais.

Em 2010 inicia os estudos em direcção de orquestra de sopros no CEDOS (Centro de estudos de direcção de orquestra de sopros) com os professores Luís Clemente em direcção e análise musical, Carlos Amarelinho em orquestração e Paulo Ramos em formação musical e auditiva.

Conclui o curso médio com 16 valores. Durante o curso médio trabalhou com as bandas da Covilhã, Ponte do Rol, Belinho, Cabreiros, Mafra, Banda Sinfônica da Covilhã.

No mesmo período lectivo obteve o primeiro prémio no concurso de direcção do ENOS ( Estágio Nacional de Orquesta de Sopros) Esposende.

Em 2013 iniciou os estudos em direcção de orquestra na academia de direcção da ACO ( Atlantic Coast Orchestra) com os professores Luís Clemente e Colin Metters em direcção de orquestra, José Fayos Jordan e Roberto Fiore em orquestração, Paulo Maciel e Jaime Branco em formação musical e auditiva. No mesmo ano começou a trabalhar na escola de música da Filarmónica Recreativa Cortense.

Dirigiu ensemble da ACO, orquestra sinfonica da ACO, Banda Nova de Manteigas e orquestra de sopros do ENOS Portel, EPABI e Escola Profissional de Seia.

Finalizou o curso superior da academia de direcção da ACO com 17 valores.

Em 2017 tomou posse da direcção artística e musical da Filarmónica Recreativa Cortense e deu início ao processo de equivalência de licenciatura na ABRSM (Associeted Board of the Royal Schools of Music).


Corpos Socias - triénio 2017/2019

Assembleia Geral:

Presidente: Marco Alves;

Vice Presidente: Joana Santos;

Secretário: Aline Miguens;

.

Conselho Fiscal:

Presidente: Bernardino Santos;

Vice Presidente: João Pedro Faisca;

Relator: Gabriel Vila;

.

Direcção:

Presidente: Alexandre Barata;

Vice Presidente: Adriano Esteves;

1º Secretário: Mafalda Santos;

2º Secretário: Flavio Inácio;

Tesoureiro: Francisco Pina;

Vogal: Leticia Vila;

Vogal: Steve Vila;

Vogal: Alexandre Barata;

Vogal: José Silva;



Mapa de actuações:

25-11-2017 - Encontro Filarmónico no Paúl;

.

17-12-2017 - Concerto de Natal na Igreja Paroquial de Cortes do Meio


Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

.

EPABI - Recital de Viola d' Arco e Percussão. Hoje, 19h00.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 14.02.18

Foto de Pedro Leitão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Banda da Covilhã apresenta concerto de Carnaval com “A Máscara do Zorro”

A Banda da Covilhã soba direcção musical do maestro Carlos Almeida apresenta mais um concerto desta vez com o título “A Máscara de Zorro”.

O concerto terá lugar, pelas 16:30 de terça-feira de Carnaval, dia 13 de Fevereiro na tenda gigante atrás da câmara com entrada livre.

O programa será preenchido com música ligeira, e com a banda sonora do filme “A Máscara de Zorro”, com todos os intervenientes vestidos de Zorro.

Contará também com a participação especial de uma das classes do pré-ballet da Banda da Covilhã. Ao intervalo terá lugar mais um concurso infantil de máscara, sendo a inscrição no próprio local e com idade máxima de 12 de anos de idade.

Uma organização da Banda da Covilhã, inserido no Carnaval da Neve com o apoio do Município da Covilhã, Remax Ideias e União de Freguesias de Covilhã e Canhoso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Autarquia Covilhanense reforça aposta no Carnaval na Neve

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 10.02.18

Covilhã: Autarquia Reforça aposta no Carnaval na neve

O Carnaval da Neve 2018 promete tornar este tradicional evento, já com 66 anos, na grande festa anual da Covilhã.

A Câmara Municipal e o Clube Nacional de Montanhismo apostam forte este ano em devolver projeção nacional a este acontecimento, alargando as atividades do Carnaval, normalmente associado à Serra da Estrela e à neve, à cidade da Covilhã. De 1 de fevereiro a 4 de março serão vários os eventos que combinam neve, desporto, cultura com diversão e folia, numa mistura que sempre foi e continua a ser o grande atrativo desta festa para a qual irão contribuir um conjunto vasto de entidades locais.

Do vasto programa destacam-se os 3 bailes, 3 desfiles e 3 concertos, não esquecendo a pista de gelo e o parque de neve na Praça do Município.

O Presidente do Município, Vítor Pereira, mostra-se confiante de que “o Carnaval da Neve deste ano vai recolocar o evento no mapa dos festejos carnavalescos nacionais”. O autarca aponta o facto de este ser um Carnaval “diferenciador, apoiado em 66 anos de tradição, envolvendo a comunidade numa grande festa que terá de ser, cada vez mais, um importante incentivo para a economia e o turismo do concelho”.

“O programa vasto e variado que apresentamos prova que não pretendemos imitar outras manifestações carnavalescas que ocorrem no país, muitas vezes meras réplicas, mais ou menos fiéis, de festas mais apropriadas a outros climas e culturas. O Carnaval da Neve é o nosso Carnaval, da Covilhã e da Serra, com as nossas tradições, com actividades e atrativos diferenciadores para que os covilhanenses e todos aqueles que nos queiram visitar se divirtam ao máximo”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

ACBI com viagem marcada para a Coreia do Norte

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 06.02.18

 Foto de Associação Cultural da Beira Interior.

O presidente da Associação Cultural da Beira Interior, Luís Cipriano, reuniu com o delegado especial da Coreia do Norte e do Comité de Relações Culturais com Países Estrangeiros para iniciar a preparação do intercâmbio entre a associação com sede na Covilhã e a Coreia do Norte.

Assim está a ser preparada a ida do Coro Misto da Beira Interior a Pyongyang durante uma semana com a realização de três concertos com os programas “Fado” e “Música Popular Portuguesa” assim como a vinda de um Coro Infantil norte coreano a Portugal para a realização de uma tournée nas autarquias parceiras da Associação Cultural da Beira Interior.

Luís Cipriano foi convidado pelo governo de Pyongyang para no próximo Abril estar presente no Festival da Amizade a decorrer naquela cidade aproveitando a sua estadia para acertar pormenores em relação a este intercâmbio. A Associação Cultural da Beira Interior estuda também a possibilidade de realizar um concerto em Pequim (China) cidade onde fará escala antes de seguir para a Coreia do Norte.

Autoria e outros dados (tags, etc)

EPABI - Ciclo de Masterclass 2018. Inscrições abertas.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 18.01.18

Foto de Escola Profissional de Artes da Covilhã.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Foto de Covilhã Município.A Câmara Municipal da Covilhã leva a efeito, no próximo sábado, 13 de janeiro, pelas 21 horas, a representação de um Auto de Reis, na Igreja de Nossa Senhora da Conceição.

O evento conta, igualmente, com a participação das Adufeiras da Casa do Povo do Paul, Associação Grande Roda do Teixoso, Associação Rancho Folclórico e Etnográfico do Refúgio, ASTA – Teatro e outras Artes, Rancho Folclórico da Boidobra, Paulo Runa, Glória Olivares e Roberto Villa Lobos.

O Auto dos Reis marca o final do “Natal com Arte”, a programação natalícia da autarquia que animou a Covilhã de 1 de dezembro a 13 de janeiro.

O Município recria uma tradição secular, interrompida durante o período da Primeira República, que constituiu um dos maiores símbolos natalícios.

Trata-se de um espectáculo dramático e musical onde abundam as mais belas quadras natalícias do Cancioneiro Geral.

Desde a idade média que se representam Autos do Natal e de Reis, na Europa. Em 1223, S. Francisco de Assis celebrou um acordo com um fidalgo Italiano para a representação de um Auto de Natal.

Três séculos depois, o arcebispo de Braga, D. Luís Pires, proibiu o cântico de chanchiletas e os jogos do coro, na noite de Natal, mas incentivou a realização de Autos, que ganharam especial fulgor com Gil Vicente.

Nos anos 30 do século passado foram vários os etnógrafos que recolheram e transcreveram os textos dos Autos que se realizavam no Portugal mais profundo.

O Município da Covilhã vai, assim, recriar um Auto dos Reis sendo esta uma oportunidade imperdível de assistir a uma tradição intemporal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Concerto de Reis - EPABI. 7 JAN, 16h00, Igreja da Misericórdia, Covilhã.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 05.01.18

Foto de Covilhã Município.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Foto de Universidade da Beira Interior - UBI.

A Banda de Música da Força Aérea junta-se às comemorações dos 25 anos do Departamento de Ciências Aeroespaciais (DCA) da Universidade da Beira Interior, com um Concerto de Reis.
O espetáculo tem entrada livre e está marcado para sexta-feira, dia 5 de janeiro, às 21h30, no Grande Auditório da Faculdade de Ciências da Saúde da UBI.
“Este é também o presente que o Departamento de Ciências Aeroespaciais oferece à Cidade e à Região pelo apoio inequívoco às suas atividades ao longo destes 25 anos”, de acordo com o DCA.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Luís Cipriano grava novo CD

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 21.12.17

 

O seminário do Fundão foi o palco escolhido para a gravação de um CD com duas missas de Luís Cipriano, que reuniu cerca de 200 músicos numa parceria entre a Associação Cultural da Beira Interior e o Conservatório de Lisboa.
A gravação decorreu nos dias 8 e 9 de Dezembro e o trabalho está pronto deste ontem.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Concerto de Natal. 9 DEZ, 21h00, Igreja S. Tiago, Covilhã

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 08.12.17

Foto de Associação Cultural da Beira Interior.

Concerto de Natal. Coro Misto da Beira Interior, Coro Infantil da Beira Interior, Coro dos Pequenos Cantores do Conservatório de Lisboa e Orquestra Clássica da Beira Interior.

Dia 09 de Dezembro, Igreja de S. Tiago - Covilhã.

Direcção: Luis Cipriano e Inês Igrejas

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aniversário da Banda da Covilhã

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 02.12.17

Foto de Banda da Covilhã.

A Banda da Covilhã comemora os 73 anos da sua reorganização e 147 da Fundação no próximo dia 2 de Dezembro. Vai assinalar a data com concertos, homenagens e entrada de novos músicos.

As comemorações começaram no dia 1 de Dezembro em Lisboa, com a participação da banda no 6º Desfile Nacional de Bandas Filarmónicas, num total de 33 na Avenida da Liberdade durante a tarde. Hoje, sábado, dia 2 de Dezembro, terá lugar o Concerto de Gala de aniversário pelas 21:30 na Igreja de S. Francisco, no Jardim Público da cidade. As comemorações terminam no domingo, dia 3 de Dezembro, com uma eucaristia de ação de graças na Igreja de S. Francisco pelas 10:00 horas e animada pelo coro e ensamble de sopros da banda, seguindo-se a tradicional romagem ao cemitério e o içar da bandeira pelas 12:00 horas na sede. Haverá ainda lugar à inauguração de fotos da história da banda, com destaque para o coro infantil e rancho folclórico que existiram na banda nos anos 80 do século passado. Segue-se o almoço de confraternização e o batismo dos 10 novos músicos.

A Banda da Covilhã tem a funcionar a sua academia de música, que este ano conta com 100 alunos. A aposta na formação é um dos pilares bases na construção do projeto pedagógico e musical, e que nos últimos anos tem contribuído fortemente para a descoberta de talentos nos sopros e percussão.

O reequipamento instrumental continua na ordem do dia, uma vez que são necessários 20.000,00€ para a sua renovação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Homem da Montanha em concerto. 30 NOV, Castelo Branco. 01 DEZ, Guarda

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 30.11.17

O Homem da Montanha, um projeto do músico covilhanense Flávio Torres, vai estar em concerto nas cidades de Castelo Branco e Guarda, respetivamente.

Este projeto do cantautor, teve a sua estreia no passado dia 4 de novembro no Café Concerto da Filarmónica Recreativa Cortense.

 

FB_IMG_1511907853771.jpg

FB_IMG_1511907840708.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

FB_IMG_1510934336326.jpg

O dia da Padroeira dos Músicos, Santa Cecilia, está a chegar e a convite da Banda do Paúl, vamos estar em conjunto com outras Bandas a prestar a devida homenagem.

 

"A união faz a Música, o lema adotado para um dia partilhado entre três Bandas do Concelho.
A Banda Filarmónica de S. Jorge da Beira, a Filarmónica Recreativa Cortense e a Banda Filarmónica do Paul, juntaram-se e vão realizar um evento cheio de harmonia e união, em honra de Sta Cecília.

16h - Recepção aos convidados com porto de honra;
17h - Arruada pela vila;
21h - Concerto no Salão Paroquial

Estão todos convidados!"

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Banda da Covilhã - “Crescer com a Música”

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 10.11.17

“Crescer com a Música” um projecto da Banda da Covilhã – Onde a Música Inspira os mais Novos

Que a música faz bem a qualquer ser humano já todos sabemos. Aliás, está comprovado cientificamente que qualquer criança que deste tenra idade desenvolva uma actividade musical, como aprender um instrumento terá um desenvolvimento mais sólido ao nível cognitivo, psicomotor e social.

Nessa base a Academia de Música da Banda da Covilhã, através do seu serviço educativo tem vindo a desenvolver um leque de actividades com o objectivo de promover e desenvolver o gosto pela aprendizagem musical.

Desde a música para bebés, para crianças e jovens e agora mais recentemente o lançamento de um novo projecto intitulado “Crescer com a Música”.

Com este projecto a Banda da Covilhã pretende preencher a lacuna na faixa etária entre os bebes e as crianças com seis anos de idade que entram para Academia, pelo que o projecto é direccionado para os quatro e cinco anos de idade.

Trata-se de um projecto pedagógico de base cientifica que engloba várias actividades e experiências musicais que contemplam os pressupostos divulgados em estudos publicados até á presente data.

As inscrições já estão aberta, basta passar pela secretaria da Banda da Covilhã.

Banda da Covilhã – Onde a Música Inspira os + Novos Conta com o apoio do Município da Covilhã e União de Freguesias de Covilhã e Canhoso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Merak Trio. 10 NOV, 21h00, Auditório da UBI.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 08.11.17

Foto de Associação Cultural da Beira Interior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Encontros na Biclioteca - Leituras Musicais. 26 OUT, 21h00.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 25.10.17

Foto de Associação Cultural da Beira Interior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dia da Cidade da Covilhã

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 20.10.17

Resultado de imagem para covilhã

Autoria e outros dados (tags, etc)

"100 Anos a Cantar Fátima" - Hoje, 21h00, Igreja Paroquial de Cortes do Meio

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 14.10.17

Foto de Filarmónica Recreativa Cortense.

Este sábado às 21h na Igreja Paroquial de Cortes do Meio.
 Será a última oportunidade de assistir a este espectáculo que celebra os 100 anos de Fátima.

Autoria e outros dados (tags, etc)

PASTORES - Desfile de Chocalhos. Hoje!

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 07.10.17

Foto de Filarmónica Recreativa Cortense.

Não percam hoje, pelas 23:30, o Desfile de Chocalhos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

FRC - PASTORES. Começa hoje!

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 06.10.17

Foto de Filarmónica Recreativa Cortense.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Fundada a 11-11-1899

Mais de um século ao serviço da Música, Recreio e Cultura!

.

Telemóvel:

* 967 687 837 * 967 706 294 *

* 969 375 934 *

.

Morada:

Rua Padre Silva n 6

6215-141 Cortes do Meio

Covilhã

.

Endereço eletrónico:

filarmonicacortense@iol.pt


Maestro: Fábio Daniel Esteves Pereira

Fábio Daniel Esteves Pereira nasceu a 28 de maio de 1986. É natural de Unhais da Serra mas cedo veio morar para a freguesia de Cortes do Meio.

Iniciou os estudos de formação musical e instrumento em 1997 na Filarmónica Recreativa Cortense como saxofonista com o maestro António Pão-Alvo.

Em 2000, sob a tutela do Pe. José António Loureiro Pinheiro toma parte da direcção artística do grupo Chama de Deus.

Em 2003 foi seleccionado para a Orquestra de Jazz do Centro, um masterclass jazzístico leccionado por Paulo Perfeito.

No âmbito do projecto Covilhã Filarmónico teve diversos estágios com professores de academia e conservatórios locais.

Em 2010 inicia os estudos em direcção de orquestra de sopros no CEDOS (Centro de estudos de direcção de orquestra de sopros) com os professores Luís Clemente em direcção e análise musical, Carlos Amarelinho em orquestração e Paulo Ramos em formação musical e auditiva.

Conclui o curso médio com 16 valores. Durante o curso médio trabalhou com as bandas da Covilhã, Ponte do Rol, Belinho, Cabreiros, Mafra, Banda Sinfônica da Covilhã.

No mesmo período lectivo obteve o primeiro prémio no concurso de direcção do ENOS ( Estágio Nacional de Orquesta de Sopros) Esposende.

Em 2013 iniciou os estudos em direcção de orquestra na academia de direcção da ACO ( Atlantic Coast Orchestra) com os professores Luís Clemente e Colin Metters em direcção de orquestra, José Fayos Jordan e Roberto Fiore em orquestração, Paulo Maciel e Jaime Branco em formação musical e auditiva. No mesmo ano começou a trabalhar na escola de música da Filarmónica Recreativa Cortense.

Dirigiu ensemble da ACO, orquestra sinfonica da ACO, Banda Nova de Manteigas e orquestra de sopros do ENOS Portel, EPABI e Escola Profissional de Seia.

Finalizou o curso superior da academia de direcção da ACO com 17 valores.

Em 2017 tomou posse da direcção artística e musical da Filarmónica Recreativa Cortense e deu início ao processo de equivalência de licenciatura na ABRSM (Associeted Board of the Royal Schools of Music).


Corpos Socias - triénio 2017/2019

Assembleia Geral:

Presidente: Marco Alves;

Vice Presidente: Joana Santos;

Secretário: Aline Miguens;

.

Conselho Fiscal:

Presidente: Bernardino Santos;

Vice Presidente: João Pedro Faisca;

Relator: Gabriel Vila;

.

Direcção:

Presidente: Alexandre Barata;

Vice Presidente: Adriano Esteves;

1º Secretário: Mafalda Santos;

2º Secretário: Flavio Inácio;

Tesoureiro: Francisco Pina;

Vogal: Leticia Vila;

Vogal: Steve Vila;

Vogal: Alexandre Barata;

Vogal: José Silva;



Mapa de actuações:

25-11-2017 - Encontro Filarmónico no Paúl;

.

17-12-2017 - Concerto de Natal na Igreja Paroquial de Cortes do Meio