Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Fundada a 11-11-1899

Mais de um século ao serviço da Música, Recreio e Cultura!

.

Telemóvel:

* 967 687 837 * 967 706 294 *

* 969 375 934 *

.

Morada:

Rua Padre Silva n 6

6215-141 Cortes do Meio

Covilhã

.

Endereço eletrónico:

filarmonicacortense@iol.pt


Maestro: Fábio Daniel Esteves Pereira

Fábio Daniel Esteves Pereira nasceu a 28 de maio de 1986. É natural de Unhais da Serra mas cedo veio morar para a freguesia de Cortes do Meio.

Iniciou os estudos de formação musical e instrumento em 1997 na Filarmónica Recreativa Cortense como saxofonista com o maestro António Pão-Alvo.

Em 2000, sob a tutela do Pe. José António Loureiro Pinheiro toma parte da direcção artística do grupo Chama de Deus.

Em 2003 foi seleccionado para a Orquestra de Jazz do Centro, um masterclass jazzístico leccionado por Paulo Perfeito.

No âmbito do projecto Covilhã Filarmónico teve diversos estágios com professores de academia e conservatórios locais.

Em 2010 inicia os estudos em direcção de orquestra de sopros no CEDOS (Centro de estudos de direcção de orquestra de sopros) com os professores Luís Clemente em direcção e análise musical, Carlos Amarelinho em orquestração e Paulo Ramos em formação musical e auditiva.

Conclui o curso médio com 16 valores. Durante o curso médio trabalhou com as bandas da Covilhã, Ponte do Rol, Belinho, Cabreiros, Mafra, Banda Sinfônica da Covilhã.

No mesmo período lectivo obteve o primeiro prémio no concurso de direcção do ENOS ( Estágio Nacional de Orquesta de Sopros) Esposende.

Em 2013 iniciou os estudos em direcção de orquestra na academia de direcção da ACO ( Atlantic Coast Orchestra) com os professores Luís Clemente e Colin Metters em direcção de orquestra, José Fayos Jordan e Roberto Fiore em orquestração, Paulo Maciel e Jaime Branco em formação musical e auditiva. No mesmo ano começou a trabalhar na escola de música da Filarmónica Recreativa Cortense.

Dirigiu ensemble da ACO, orquestra sinfonica da ACO, Banda Nova de Manteigas e orquestra de sopros do ENOS Portel, EPABI e Escola Profissional de Seia.

Finalizou o curso superior da academia de direcção da ACO com 17 valores.

Em 2017 tomou posse da direcção artística e musical da Filarmónica Recreativa Cortense e deu início ao processo de equivalência de licenciatura na ABRSM (Associeted Board of the Royal Schools of Music).


Corpos Socias - triénio 2017/2019

Assembleia Geral:

Presidente: Marco Alves;

Vice Presidente: Joana Santos;

Secretário: Aline Miguens;

.

Conselho Fiscal:

Presidente: Bernardino Santos;

Vice Presidente: João Pedro Faisca;

Relator: Gabriel Vila;

.

Direcção:

Presidente: Alexandre Barata;

Vice Presidente: Adriano Esteves;

1º Secretário: Mafalda Santos;

2º Secretário: Flavio Inácio;

Tesoureiro: Francisco Pina;

Vogal: Leticia Vila;

Vogal: Steve Vila;

Vogal: Alexandre Barata;

Vogal: José Silva;



Mapa de actuações:

25-11-2017 - Encontro Filarmónico no Paúl;

.

17-12-2017 - Concerto de Natal na Igreja Paroquial de Cortes do Meio


Cortes do Meio, Concelho da Covilhã, Distrito de Castelo Branco

.

Castra Leuca Trio

O Castra Leuca trio foi formado em Castelo Branco por músicos de formação essencialmente clássica. Inserido dentro do conceito conhecido como world music, o objetivo do grupo é de recriar temas do folklore tradicional iberoamericano.

M/06
ENTRADA GRATUITA ATÉ À LOTAÇÃO

Autoria e outros dados (tags, etc)

3º Concurso de Bandas - 16 bandas sobem ao palco em Belmonte

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 16.02.18

 

 

Foto de Rádio Caria.

O Auditório da Santa Casa da Misericórdia de Belmonte recebe a partir de hoje e até domingo, a 3ª edição do Concurso de Bandas “À Descoberta de Novos Talentos”.

Um concurso que conta este ano com a participação de 16 bandas inscritas (uma desistiu), um aumento significativo em comparação com a última edição. "Dar oportunidade a novos talentos da música na região" é um dos principais objectivos deste concurso promovido pelo terceiro ano consecutivo pela Câmara de Belmonte.

O vencedor do concurso actuará nas Festas do Concelho de Belmonte 2018 e receberá um prémio monetário no valor de 500 euros. As festas do concelho de Belmonte vão decorrer entre 20 e 26 de Abril. Para já, sabe-se que a banda “Amor Electro” actuará no dia 21.

O programa de actuações da 3ª edição do Concurso de Bandas “À Descoberta de Novos Talentos” é o seguinte:

Sexta-feira 16 Fevereiro – 21h00 –
Os Trovadores da Beira
Kit
White Wolves
Zé Ninguém
Gary Yamamoto e Saci Pererê

Sábado 17 Fevereiro – 21h00 –
Johnny Dead Radio
Coverkill
Fenix Band
ADN
Ponto 4
Ice Beam and the Blizzard

Domingo 18 Fevereiro – 15h00 –
Tânia Dias
Boa Onda
Nuno Marinho
Sal
Vicellé

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Sons à Sexta" com Valter Lobo. 16 FEV, 22h30, A Moagem.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 15.02.18

Foto de Sons à Sexta.

Em parceria com a Antena 3, o SONS À SEXTA apresenta as bandas em destaque no atual panorama musical português. Com uma programação diversificada e para todos os gostos, pretende-se a divulgação, o convívio entre o público e a celebração da música!

Próximos em palco:
VALTER LOBO

Valter Lobo é um "cantautor" e advogado nortenho que se deu a conhecer apresentando ao mundo um conjunto de cinco canções que perfizeram o “Inverno Ep” em 2012, trabalho muito bem recebido pelos media e público da nova música portuguesa. Em 2016 apresentou-nos o seu primeiro álbum, uma viagem para o “Mediterrâneo”, onde faz uma reaproximação ao calor humano e ao mar, despido de materialismos e procurando sobreviver com os bens essenci...ais... São nove temas originais compilados num trabalho conceptual e demasiado genuíno.
Deste novo trabalho, a Antena 3 já apostou em três temas: “Fora do Coração”; “Oeste” e “Mediterrâneo” que têm passado com regularidade.
Os concertos são de grande intimidade com o público tal como as canções que, com o português em punho, nos trazem uma sonoridade intensa armada de uma componente lírica muito rica que lhe são próprias e que o sugerem como um artista genuíno e um nome a seguir quando nos referimos aos novos grandes valores da música portuguesa.

Dia 16 de Fevereiro pelas 22h30m o Sons à Sexta promete provar que as notas e letras da música portuguesa estão de boa saúde com Valter Lobo no palco d´A Moagem.

Bilheteira:
A Moagem - Cidade do Engenho e das Artes, Fundão.
+Inf. 96 194 12 81 - 275 773 032

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

EPABI - Recital de Viola d' Arco e Percussão. Hoje, 19h00.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 14.02.18

Foto de Pedro Leitão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Banda da Covilhã apresenta concerto de Carnaval com “A Máscara do Zorro”

A Banda da Covilhã soba direcção musical do maestro Carlos Almeida apresenta mais um concerto desta vez com o título “A Máscara de Zorro”.

O concerto terá lugar, pelas 16:30 de terça-feira de Carnaval, dia 13 de Fevereiro na tenda gigante atrás da câmara com entrada livre.

O programa será preenchido com música ligeira, e com a banda sonora do filme “A Máscara de Zorro”, com todos os intervenientes vestidos de Zorro.

Contará também com a participação especial de uma das classes do pré-ballet da Banda da Covilhã. Ao intervalo terá lugar mais um concurso infantil de máscara, sendo a inscrição no próprio local e com idade máxima de 12 de anos de idade.

Uma organização da Banda da Covilhã, inserido no Carnaval da Neve com o apoio do Município da Covilhã, Remax Ideias e União de Freguesias de Covilhã e Canhoso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Foto de Orquestra Filarmonia Das Beiras.

Segundo capítulo de HARRY POTTER EM CONCERTO no próximo sábado, 3 de fevereiro, pelas 20h30, na Altice Arena, Lisboa.
Depois do sucesso da primeira edição, Portugal recebe o segundo filme-concerto da saga Harry Potter: “Harry Potter e a Câmara dos Segredos”. Uma experiência única em que se assistirá ao filme, projectado num ecrã de 20 metros em alta definição, enquanto a Orquestra Filarmonia das Beiras interpreta a banda sonora composta por John Williams e nomeada para um Grammy.
A série de filmes-concerto de Harry Potter, que é mais uma experiência mágica do mundo de feiticeiros de J.K. Rowling, arrancou em junho de 2016 com “Harry Potter e a Pedra Filosofal” e tem já centenas de performances marcadas para 2018 em mais de 35 países

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

XII Ciclo de Música Contemporânea - Síntese. 3 FEV, 18h00, CCCCC.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 31.01.18

Foto de Cultura Vibra_Castelo Branco.

No âmbito do XII Ciclo de Música Contemporânea são executadas três obras encomendadas especialmente para este ciclo, de autoria de Nuno Côrte-Real, Ângela da Ponte e Cândido Lima. Trata-se de estéticas contrastantes no panorama português da criação musical contemporânea, sendo essa, precisamente, a característica que se pretende afirmar neste contexto: a diversidade, a originalidade e a diferença entre escolhas múltiplas de conceitos criativos, adaptados aos instrumentos de eleição deste ensemble, cuja constituição não é, de todo, vulgar. O ensemble Síntese é um dos agrupamentos portugueses com maior dinâmica no campo da interpretação de nova música portuguesa.

Concerto integrado no Síntese - XII Ciclo de Música Contemporânea
M/06

Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco
Campo Mártires da Pátria (Devesa), 6000-097 Castelo Branco


ENTRADA GRATUITA

Autoria e outros dados (tags, etc)

Kiss,Megadeth e Scorpions atuam em Oeiras em 2018

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 29.01.18

O Estádio Municipal de Oeiras recebe os Kiss e os Scorpions nos dias 10 e 11 de julho. Os Megadeth fazem a primeira parte

Os concertos de Kiss e Megadeth vão realizar-se no dia 10 de julho, enquanto os Scorpions tocam no dia seguinte, estando os bilhetes para os dois eventos já à venda. Os preços variam entre os 39 euros da plateia em pé e os 65 euros do Golden Circle.

Esta será a segunda vez que os Kiss tocam em Portugal, 35 anos depois do concerto no Dramático de Cascais, que aconteceu a 11 de outubro de 1983, quando abriram com Creatures of the Night e encerraram, já em 'encore', com "Rock and Roll All Nite", segundo a lista disponível na plataforma Setlist.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Rádio Cova da Beira

A Orquestra de Guitarras da Academia de Música e Dança do Fundão (AMDF), valência da Santa Casa da Misericórdia do Fundão, realiza nos dias 27 e 28 de Janeiro dois concertos em França. O convite resulta da cooperação internacional e parcerias criadas no âmbito do Concurso Internacional Cidade do Fundão.

A AMDF participa no 15º Festival Internacional Guitar Essonne 2018 através da Orquestra de Guitarras. No mesmo evento vai ainda atuar o jovem guitarrista Miguel Matos que em 2016 ganhou o primeiro prémio de nível superior de guitarra no Concurso Internacional Cidade do Fundão.

Em França, na localidade de Juvisy, o coletivo dirigido pelo docente Pedro Rufino vai apresenta-se com um reportório vincadamente português.

 “Além do reportório habitual para jovens orquestras, nós tivemos um cuidado especial em levar música portuguesa. Ferrer Trindade, José Afonso ou Carlos Paredes estão entre os compositores. O reportório da Orquestra e a estrutura do concerto ficará marcado pela presença de solistas de canto como a Filipa Mela, Laura Alves, Rafael Lourenço, Margarida Geraldes e Maria Mendes”. Explicações de Pedro Rufino, coordenador do departamento de guitarra na AMDF e responsável pela Orquestra.

A Orquestra de Guitarras foi constituída no ano letivo de 1999/2000 e de então para cá já realizou concertos em várias cidades de Portugal e Espanha. A participação nos 1001 Músicos no Centro Cultural de Belém, o concerto nos claustros da Assembleia da República ou a atuação no pavilhão Centro de Portugal em Coimbra estão entre os concertos realizados em Portugal.

A deslocação a França só é possível com os apoios da Santa Casa da Misericórdia do Fundão e do Município do Fundão.

In: RCB

Autoria e outros dados (tags, etc)

Foto de Cultura Vibra_Castelo Branco.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mariana Monteiro, aluna de violino na ESART, representa Portugal na EFNYO

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 17.01.18

Mariana Monteiro, aluna de violino na ESART, representa Portugal na EFNYO

Mariana Cabral Monteiro, aluna do 2.º ano da licenciatura em Música, variante Instrumento – Violino da Escola Superior de Artes Aplicadas do IPCB, foi selecionada por mérito, de entre os músicos da Jovem Orquestra Portuguesa, para representar Portugal na European Federation of National Youth Orchestras - EFNYO.

A estudante irá agora realizar um estágio na Holanda com a National Youth Orchestra of the Netherlands (NJO), conduzida por Georg Fritzsch, entre os dias 12 e 28 de janeiro e 10 e 11 de março, com concertos em Amsterdão, Apeldoorn, Enschede, Heerlen, Nijmegen e Oss, no âmbito do programa intercâmbio MusXchange.

A Jovem Orquestra Portuguesa é um projeto da Orquestra de Câmara Portuguesa e membro da Federação Europeia de Orquestras Nacionais Juvenis.

In: Diário Digital Castelo Branco

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Sons à Sexta" apresentam SURMA. 12 JAN, 22h30, Moagem, Fundão.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 11.01.18

Foto de Sons à Sexta.

Em parceria com a Antena 3, o SONS À SEXTA apresenta as bandas em destaque no atual panorama musical português. Com uma programação diversificada e para todos os gostos, pretende-se a divulgação, o convívio entre o público e a celebração da música!
Próximos em palco:
SURMA
Débora Umbelino é uma das artistas portuguesas em grande ascensão no universo da música independente. Por entre os loops e os samples das suas composições, Surma (o nome do seu projecto) revela uma palete de sons colorida e envolvente, que conquista o ouvido e o transporta para paisagens sónicas exóticas. Na sua música, explora o cruzamento de múltiplos géneros musicais; fazendo da electrónica a sua barca, mas não colocando de parte reinvenções e experiências com os sintetizadores.
Dia 12 de Janeiro pelas 22h30m o Sons à Sexta promete provar que a música electrónica portuguesa está de boa saúde com Surma no palco d´A Moagem.
Bilheteira:
A Moagem - Cidade do Engenho e das Artes, Fundão.
+Inf. 96 194 12 81 - 275 773 032

Autoria e outros dados (tags, etc)

Foto de Banda da Covilhã.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Concerto de Reis - EPABI. 7 JAN, 16h00, Igreja da Misericórdia, Covilhã.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 05.01.18

Foto de Covilhã Município.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Foto de Universidade da Beira Interior - UBI.

A Banda de Música da Força Aérea junta-se às comemorações dos 25 anos do Departamento de Ciências Aeroespaciais (DCA) da Universidade da Beira Interior, com um Concerto de Reis.
O espetáculo tem entrada livre e está marcado para sexta-feira, dia 5 de janeiro, às 21h30, no Grande Auditório da Faculdade de Ciências da Saúde da UBI.
“Este é também o presente que o Departamento de Ciências Aeroespaciais oferece à Cidade e à Região pelo apoio inequívoco às suas atividades ao longo destes 25 anos”, de acordo com o DCA.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Concerto de Ano Novo - Banda do Paul. 6 JAN, 21:00, Anfiteatro do Paul.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 03.01.18

Foto de Bandafilarmonica Paul.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

Concertos de Asaf Avidan, Tiago Bettencourt, o regresso de Rui Sinel de Cordes e um espetáculo de Viviane, com uma atuação dedicada a Edith Piaf, são alguns dos nomes que compõem a agenda cultural de Castelo Branco para o primeiro trimestre de 2018.

O primeiro espetáculo infantil acontece já dia 27 de janeiro com a Xana TOC TOC na Selva, um espetáculo ansiado pelos mais pequenos.

O músico português Tiago Bettencourt é o primeiro grande concerto no palco do Cine-Teatro Avenida em 2018, dia 13 de janeiro, para apresentar o espetáculo "A Procura", título do disco lançado no final de setembro deste ano.

No dia 19 de janeiro, sobe ao palco do Cineteatro Avenida, pelas 21:30, o espetáculo de dança "Vespa" do coreógrafo Rui Horta e no dia seguinte, decorre um espetáculo de música e filme com os sons da Beira Baixa, a "Canção Raiana Perdida", fruto de uma recolha da autoria do músico e compositor Tom G. Hamilton com o apoio da ADRACES.

No campo musical, os Thirdsphere atuam no dia 03 de fevereiro, pelas 21:30, no Cineteatro Avenida de Castelo Branco, e a 14 de fevereiro, no mesmo palco, às 21:30, é apresentado o espetáculo "Deixem o Pimba em Paz", com Manuela Azevedo e Bruno Nogueira.

Em março, no dia 23, pelas 21:30, o Cineteatro Avenida recebe o espetáculo "Viviane canta Piaf".

Em Abril, dia 21, Castelo Branco é um dos dois palcos que o israelita Asaf Avidan pisará em abril na sua primeira deslocação a Portugal.

Em março, a 22 , regressa Rui Sinel de Cordes, com “London Eyes” o sexto solo de stand-up comedy.

O autarca albicastrense, Luís Correia realça que a agenda mantém uma oferta cultural cujos eixos de programação promovem os criadores e intérpretes de base local e destacados artistas no panorama nacional e internacional.

"No plano local, teremos, por exemplo, apresentações pela Pé de Pano Associação, Terceira Pessoa, concertos pelo João Roiz Ensemble, apresentação do novo disco dos Thirdsphere, um concerto pelos Castraleuca e o espetáculo pluridisciplinar A Canção Raiana Perdida", afirma o autarca.

Autoria e outros dados (tags, etc)

FRC - Concerto de Natal 2017.

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 18.12.17

Veja alguns dos momentos deste concerto da FRC, partilhados por uma espetadora.

https://www.facebook.com/rosamarmelo2/videos/1761150910853968/

https://www.facebook.com/rosamarmelo2/videos/1761162774186115/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 É já amanhã. A não perder!

received_10214761374691718.jpeg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dias depois do transplante, Salvador Sobral lança “Excuse Me ao Vivo”

por Filarmónica Recreativa Cortense, em 15.12.17

Dias depois do transplante, Salvador Sobral lança “Excuse Me ao Vivo” 

Salvador Sobral lançou esta sexta-feira “Excuse Me ao Vivo”um álbum gravado durante a digressão deste ano em Portugal.

Salvador Sobral, de 27 anos, conquistou o país com "Amar Pelos Dois", mas interrompeu o percurso porque necessitava de um transplante cardíaco.

Mas as boas notícias chegaram e Salvador Sobral já sorri e em jeito de comemoração editou esta sexta feira o álbum gravado ao longo da digressão que fez este ano em Portugal, “Excuse Me Ao Vivo”.

O disco inclui temas como “Nada Que Esperar” ou “Nem Eu” — que faziam parte de “Excuse Me” — mas também “Amar Pelos Dois”, que foi incluída em todos os concertos da digressão e surge no álbum numa versão jazz.

As restantes canções foram gravadas nos concertos no Centro Cultural de Belém, na Casa da Música e no Centro Cultural de Ílhavo.

A capa de “Excuse Me Ao Vivo” mostra o Teatro Garcia de Resende, em Évora, onde Salvador Sobral actuou pela primeira vez depois da vitória no Festival da Canção.

In: Harmúsica

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Fundada a 11-11-1899

Mais de um século ao serviço da Música, Recreio e Cultura!

.

Telemóvel:

* 967 687 837 * 967 706 294 *

* 969 375 934 *

.

Morada:

Rua Padre Silva n 6

6215-141 Cortes do Meio

Covilhã

.

Endereço eletrónico:

filarmonicacortense@iol.pt


Maestro: Fábio Daniel Esteves Pereira

Fábio Daniel Esteves Pereira nasceu a 28 de maio de 1986. É natural de Unhais da Serra mas cedo veio morar para a freguesia de Cortes do Meio.

Iniciou os estudos de formação musical e instrumento em 1997 na Filarmónica Recreativa Cortense como saxofonista com o maestro António Pão-Alvo.

Em 2000, sob a tutela do Pe. José António Loureiro Pinheiro toma parte da direcção artística do grupo Chama de Deus.

Em 2003 foi seleccionado para a Orquestra de Jazz do Centro, um masterclass jazzístico leccionado por Paulo Perfeito.

No âmbito do projecto Covilhã Filarmónico teve diversos estágios com professores de academia e conservatórios locais.

Em 2010 inicia os estudos em direcção de orquestra de sopros no CEDOS (Centro de estudos de direcção de orquestra de sopros) com os professores Luís Clemente em direcção e análise musical, Carlos Amarelinho em orquestração e Paulo Ramos em formação musical e auditiva.

Conclui o curso médio com 16 valores. Durante o curso médio trabalhou com as bandas da Covilhã, Ponte do Rol, Belinho, Cabreiros, Mafra, Banda Sinfônica da Covilhã.

No mesmo período lectivo obteve o primeiro prémio no concurso de direcção do ENOS ( Estágio Nacional de Orquesta de Sopros) Esposende.

Em 2013 iniciou os estudos em direcção de orquestra na academia de direcção da ACO ( Atlantic Coast Orchestra) com os professores Luís Clemente e Colin Metters em direcção de orquestra, José Fayos Jordan e Roberto Fiore em orquestração, Paulo Maciel e Jaime Branco em formação musical e auditiva. No mesmo ano começou a trabalhar na escola de música da Filarmónica Recreativa Cortense.

Dirigiu ensemble da ACO, orquestra sinfonica da ACO, Banda Nova de Manteigas e orquestra de sopros do ENOS Portel, EPABI e Escola Profissional de Seia.

Finalizou o curso superior da academia de direcção da ACO com 17 valores.

Em 2017 tomou posse da direcção artística e musical da Filarmónica Recreativa Cortense e deu início ao processo de equivalência de licenciatura na ABRSM (Associeted Board of the Royal Schools of Music).


Corpos Socias - triénio 2017/2019

Assembleia Geral:

Presidente: Marco Alves;

Vice Presidente: Joana Santos;

Secretário: Aline Miguens;

.

Conselho Fiscal:

Presidente: Bernardino Santos;

Vice Presidente: João Pedro Faisca;

Relator: Gabriel Vila;

.

Direcção:

Presidente: Alexandre Barata;

Vice Presidente: Adriano Esteves;

1º Secretário: Mafalda Santos;

2º Secretário: Flavio Inácio;

Tesoureiro: Francisco Pina;

Vogal: Leticia Vila;

Vogal: Steve Vila;

Vogal: Alexandre Barata;

Vogal: José Silva;



Mapa de actuações:

25-11-2017 - Encontro Filarmónico no Paúl;

.

17-12-2017 - Concerto de Natal na Igreja Paroquial de Cortes do Meio